Mercedes-Benz Classe A L Sedan é revelado na China

Versão de três volumes do hatch europeu foi projetada especialmente para o país asiático

Divulgação

A Mercedes-Benz apresentou oficialmente no Salão de Pequim (China), o novo Classe A L Sedan, variação de três volumes do modelo de entrada da marca e que será produzida na China especificamente para o mercado chinês. O lançamento está previsto para o segundo semestre deste ano.

Com 4,609 m de comprimento, o novo Mercedes-Benz é 15 cm mais longo do que o Audi A3 Sedan feito em São José dos Pinhais (PR). Seguindo o padrão chinês, onde até mesmo carros compactos recebem entre-eixos mais longos do que no ocidente, o Classe A L Sedan tem entre-eixos 6 cm mais longo (2,789 m) do que no hatch europeu.

Um dos destaques do novo sedã é o sistema multimídia inteligente MBUX, apresentado na geração mais recente do hatch Classe A e que foi adaptada para entender comandos até em dialetos locais do país asiático. Inicialmente, o sedã do Classe A será vendido com um motor 1.3 de quatro cilindros e 136 ou 163 cv, combinado a um câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem. Já está nos planos, porém, um motor 2.0 de quatro cilindros.