Mercedes-Benz Classe E All-Terrain é perua com pegada aventureira


A Mercedes-Benz debutou o Classe E All-Terrain para concorrer com Audi A6 allroad e Volvo V90 Cross Country. As diferenças visuais desse Mercedes-Benz para as configurações “normais” estão nos adereços estéticos, como as saias laterais, os para-choques mais robustos e os apliques de plástico vistos nos para-lamas e na porção inferior da carroceria. A suspensão é elevada em 29 mm em relação a Estate “normal” – a do Classe E All-Terrain tem altura de rodagem ajustável entre 121 e 156 mm. As rodas são de liga leve de aro 19”.

Por dentro, o acabamento traz detalhes em alumínio e carbono, além de pedaleiras esportivas. Ao escolher o modo de condução All-Terrain é possível visualizar na tela da central multimídia os ângulos de inclinação e a altura da suspensão. Neste primeiro momento, apenas na configuração E 220 d 4Matic será oferecida. Sob o capô, o motor de quaro cilindros e 2.0 litros entrega 194 cv de potência e 40,8 kgfm de torque entre 1.600 e 2.800 rpm. A transmissão é automática de nove marchas. Esse conjunto-motriz permite ao modelo acelerar de 0-100 km/h em 8,0 segundos e atingir 232 km/h de velocidade máxima. 

Infelizmente, o modelo não virá para o Brasil.