Mercedes-Benz de comunista chinês que foi capa da Time é colocado à venda por R$ 1,5 milhão

O Mercedes-Benz 600 Pullman já teve diversos proprietários, mas ostenta pouco mais de 21.000 km percorridos e um estado de conservação impecável

0
165
Mercedes-Benz 600 Pullman
Foto: ebay.com

Este Mercedes-Benz 600 Pullman 1965 está à venda no ebay. Segundo o anunciante, a limusine pertenceu a Chen Yi, membro do partido comunista, que exerceu o cargo de prefeito de Xangai entre 1949 e 1958. Ele também foi Ministro das Relações Exteriores da China (de 1958 a 1972) e estampou a capa da revista Time publicada em 26 de fevereiro de 1965.

Foi um relacionamento curto com o exemplar, pois Chen Yi foi acusado de deslealdade durante a Revolução Cultural chinesa, que ocorreu nos anos de 1966 e 1976, e o carro terminou nas mãos da Shanghai Automotive Industry Corportation (SAIC). O modelo de 6,24 m de comprimento e impressionantes 3,90 m de entre-eixos ficou guardado por um longo período até ser descoberto por um engenheiro da Volkswagen de Xangai. Ao longo dos anos, o Mercedes-Benz 600 Pullman teve diversos donos, porém o hodômetro revela apenas 21.186 km.


+ CNH vencida na pandemia? Veja calendário para renovação
+ Avaliação: Volkswagen Nivus Highline 200 TSI entrega dirigibilidade de hatch
+ Leilão de carros: 6 dicas para economizar e evitar roubadas
+ Black Friday: Caoa Chery tem taxa zero e preço Fipe em usado

Embora nunca restaurado, o carro foi enviado ao Mercedes-Benz Classic Center, na Califórnia, nos Estados Unidos, para receber uma atenção especial. Impecável, sob o capô ostenta um motor V8 6.3 de 250 cv de potência. Aliás, os comandos do ar-condicionado, dos vidros das janelas, das travas das portas e do teto solar são controlados hidraulicamente, só para citar. O preço é de US$ 285.000 (algo próximo de R$ 1.522.669, em conversão direta, e sem impostos, caso você queira trazer ao Brasil).