Mercedes-Benz GLE Coupé

4401

Gosto de carro grande e esportivo. Por isso, quando vi o Mercedes GLE Coupé, foi paixão à primeira vista. E quando o dirigi na estrada, pedi em casamento! Das sete versões do GLE, três são na configuração cupê. Dessas, duas são AMG e uma é convencional. Prefiro essa última, que é bem mais em conta (R$ 455.900 contra R$ 545.900 da AMG 43 e R$ 689.900 da AMG 63) e já tem cavalaria suficiente para eu me divertir na cidade e na estrada. São 333 cv de potência num V6 3.0 biturbo de 49 kgfm de torque. Relação peso/potência de 6,5 kg/cv e relação peso/torque de 44,5 kg/kgfm. Tá bom demais, pois com isso vou de 0-100 km/h em menos de 6 segundos, apesar de o carro pesar mais de duas toneladas.

O Mercedes-Benz GLE 400 4Matic Coupé me encanta também por sua beleza. Ah, tá, sei que muitos não gostam desse design SUV/cupê que foi lançado pelo feioso SsangYong Actyon e depois embelezado pelo BMW X6, mas eu gosto. Acho até que combina mais, nesses carrões superdotados de potência e esportividade, do que o visual quadradão dos SUVs de luxo. A traseira em queda é ousada e só tem o inconveniente de atrapalhar a visão nas manobras de estacionamento, mas quem precisa disso quando se tem uma belíssima câmera de ré?

E eu quero é andar para frente! Em minhas mãos o GLE Coupé mostrou-se não apenas estável como também confortável. Nem poderia ser diferente com suas rodas de 21” vestindo pneus muito largos na traseira (315/40) e na dianteira (274/45), a tração integral 4Matic e as suspensões pneumáticas que reduzem a altura do carro em até 15 mm. O volante é delicioso, o câmbio automático seqüencial 9G-Tronic é perfeito e os cinco modos de condução do sistema Dynamic Select fazem com que eu me sinta um Lewis Hamilton em qualquer terreno.

Como um SUV da Classe E, em breve a linha GLE deve ter mudanças. Não tem problema. Fico com o atual mesmo, que traz um lindo painel e caiu bem em minha garagem. Aliás, mesmo que ele não tivesse câmera de ré, seu pequeno vidro traseiro não me incomodaria. Meu primeiro carro foi um Fusca, então tudo bem.

E SE EU TIVESSE SÓ R$ 100 MIL

Com certeza eu compraria um Renegade preto. Meu desejo seria uma versão a diesel, mas a Night Eagle (R$ 96.400), com motor 1.8 e câmbio AT6, já estaria bom.


Ficha técnica:

Mercedes-Benz GLE Coupé 400 4Matic

Preço básico: R$ 455.900
Carro avaliado: R$ 455.900
Motor: 3.0 biturbo
Potência: 333 cv de 5.250 a 6.000 rpm
Torque: 49 kgfm de 1.600 a 4.000 rpm
Câmbio: AT9 Pneus: 275/45 R21 (d) e 315/40 R21 (t)
Porta-malas: 650 litros
Consumo cidade: 6,8 km/l
Consumo estrada: 9,2 km/l
Emissão de CO2: 179 g/km
Nota do Inmetro: E

NOSSO VEREDICTO
COMPARTILHAR
Notícia anteriorAudi Q7
Próxima notíciaToyota SW4