Mercedes-Benz mostra GLB, SUV de 7 lugares para ficar entre GLA e GLC

SUV deve ganhar versão de produção em 2020 e ser mais espaçoso que o GLC, embora seja "menor" na hierarquia de nomenclatura da marca

Mercedes-Benz GLB será "meio-termo" entre GLA e GLC, mas será maior em tamanho que o GLC (Foto: Divulgaçã)

A Mercedes-Benz mostra no Salão de Xangai 2019, que começa nesta terça-feira (16), mais um integrante de sua família de SUVs. Chamado de “GLB Concept”, o estudo tem referências vindas das famílias GLA e GLC, mas oferece mais espaço (haverá, inclusive, versões com opção de sete lugares), aspecto aventureiro e proposta masi adequada ao uso no fora-de-estrada.

O carro que surge esta semana de forma oficial para o mundo ainda não exibe o formato definitivo de design da versão de produção, mas executivos da marca garantem que seu visual final não mudará tanto. Largo como o GLC, o GLB tem 4,62 metros de comprimento e 2,82 m de entre-eixos.

O mais curioso do futuro GLB será oferecer, ao contrário do que faz o GLC, medidas suficientes para ter espaço na cabine para três fileiras de assentos. Por dentro, no entanto, o futuro modelo não esconde sua origens e tem painel de instrumentos praticamente idêntico ao de um GLA – crossover de entrada da marca fabricado no Brasil.

Modelo será mais espaçoso que o GLC, embora seja “menor” na hierarquia de nomenclatura da marca (Foto: Divulgação)

O protótipo exibido em Xangai tem revestimentos típicos de carros com pegada off-road, como, por exemplo, pneus de uso “off-road” calçados por rodas de 17 polegadas, revestimentos nas caixas-de-roda, rack no teto e iluminação de LED adicional.

Mecanicamente, o motor do GLB é um 2.0 turbo de 227 cavalos e 35,7 kgfm de torque, associado a uma caixa de câmbio automatizada de dupla embreagem e oito marchas. A tração, segundo a Mercedes, será integral e terá três modos selecionáveis para condução.

Interior é luxuoso, mas vale destacar que conceitos mostrados em Salões têm paineis que não são habituais (Foto: Divulgação)