Mercedes Classe A fica até R$ 51 mil mais caro na linha 2020

O Mercedes Classe A ficou R$ 51 mil mais caro com a mudança de ano/modelo. Resultado da alta expressiva do dólar este ano, o carro não teve mudanças de equipamentos ou motorização. Se você está atrás de algum modelo da marca, vale a pena caçar nas concessionárias uma unidade em estoque para ter esse belo “desconto”.

Classe A Sedan (Divulgação)

Na tabela oficial da marca, um Classe A Sedan Style 19/19 sai por R$ 139.900, enquanto uma unidade 19/20 ou mesmo 20/20 está custando R$ 190.900. Um aumento de 36,5%! A versão mais completa do sedã, chamada Advance, no entanto, já não tem mais unidades 19/19 disponíveis. Sai por R$ 213.900.

Se você prefere um sedã maior, o Mercedes Classe C também está mais caro. A versão de entrada, o Mercedes C180 Avantgarde, sai por R$ 179.900 na linha 19/19, enquanto na 19/20 subiu para R$ 218.900. Uma diferença ainda bastante significativa, de R$ 39 mil.

Mercedes mais caro

O Mercedes Classe C na versão híbrida leve, o C200 EQ Boost, a foto acima, também subiu bastante, mais de 20%. Seu preço passou de R$ 221.900 na linha 19/19 para R$ 266.900 na linha 20/20 (leia aqui a avaliação).

PREFERE SUV?

Outro modelo da Mercedes que ficou bem mais caro na linha 2020, mas ainda pode ter unidades 19/19 disponíveis em estoque é o GLA 250 Sport 19/19. Na tabela da marca para junho, sai por R$ 246.900, enquanto na linha 20/20 ele custa R$ 283.900.  Um aumento de R$ 35 mil, ou R$ 15%. Mas lembre-se que este modelo terá uma nova geração em breve, que já foi, inclusive, apresentada (leia aqui).

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar