Mercedes investe em nova tecnologia para futuros veículos elétricos

As baterias estarão disponíveis pela primeira vez no Classe G elétrico

0
3
Foto: Divulgação

A Mercedes-Benz, em conjunto com a Sila, empresa de materiais de bateria, vai incorporar a química de ânodo de silício em baterias que estarão disponíveis pela primeira vez no futuro modelo Classe G elétrico.

O material promete aumentar a densidade de energia das baterias sem comprometer a segurança ou outros parâmetros de desempenho, diz a marca.

+ IWC cria relógio em edição especial da equipe Mercedes-AMG de F1
+ Mercedes-Benz vai disponibilizar novo sistema de condução autônoma
+ Mercedes-AMG e músico Will.I.Am desenvolvem automóvel único


Em comparação com as células disponíveis no mercado atualmente, a tecnologia da Sila permite um aumento de até 40% na densidade de energia atingindo mais de 800 Wh/l (watts-hora por litro) em nível de célula.

Este desenvolvimento promete armazenar mais energia no mesmo espaço, aumentando a autonomia de futuros veículos.

Segundo a Mercedes, os materiais avançados de ânodo de silício serão fabricados usando 100% de energia renovável nas novas instalações da Sila no estado de Washington/EUA.

Ambas as empresas estão mirando em meados dessa década para uma versão elétrica de alcance estendido do Classe G a ser equipada com essa nova tecnologia de bateria.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Licenciamento de veículos: confira o calendário e como pagar em SP
+ Contran vai beneficiar motoristas que não cometerem infração por 1 ano
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ Nova geração da Suzuki Hayabusa está perto de chegar ao Brasil
+ Defasagem do preço da gasolina chega a 19%; diesel fecha em 5%
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ IPVA SP 2022: parcela vence para veículos com placa final 4