Mercedes lança A 45 e CLA 45 com motor 2.0 de até 421 cv

Motor quatro cilindros mais potente feito em série leva o Classe A esportivo a acelerar de 0-100 km/h em 3,9 segundos

Mercedes-AMG A 45 S e CLA 45 S 4MATIC+ (Divulgação)

A Mercedes-AMG revelou nesta quinta-feira (4) os novos A 45 e CLA 45. Versões mais esportivas das novas gerações dos dois modelos, chegam trazendo como principal destaque o novo motor 2.0 turbo (leia mais aqui), o mais potente quatro cilindros de série em produção no mundo.


Em sua configuração de entrada, o motor 2.0 desenvolve 387 cv de potência e torque de 48,95 kgfm de 4750 a 5000 rpm. Já a variação “S” tem uma calibração diferente para desenvolver 421 cv de potência e torque de 50,99 kgfm de 5.000 a 5.250 rpm. Nesta configuração, o A 45 acelera de 0-100 km/h em 3,9 segundos, enquanto o CLA 45 atinge os mesmos 100 km/h em 4 segundos. A velocidade máxima é de 270 km/h.

Ambos os motores trabalham em conjunto com um câmbio automatizado de oito marchas e dupla embreagem e o sistema de tração integral. Outro destaque dos dois modelos é o modo Drift, que pode ser acionado com o modo de condução “Race” e permite facilitar as derrapagens controladas.

Além do conjunto motriz exclusivo e dos mesmos atrativos tecnológicos das versões normais (confira aqui a avaliação com o A 250), as versões AMG dos Classe A e CLA trazem escape com sonoridade variável, suspensão AMG com opção de amortecedores adaptativos e o sistema de freios com pinças dianteiras de 4 pistões e discos de 350 x 34 mm (seis pistões e discos de 360 x 36 mm nas variações ‘S”).

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel