Mexicano bom de briga

FORD FUSION R$ 82.790

Quando a Ford lançou o Fusion, esperava vender mil carros por mês. Os resultados ficaram sempre próximos da meta, chegando até a ultrapassá-la. Em agosto e setembro, devido à troca para o modelo 2008, faltou Fusion no mercado – foram emplacadas menos de 500 unidades/mês. Agora, com novo modelo, a montadora quer ganhar mercado, e já mandou importar mais unidades do México: pretende vender 1.500 Fusion por mês (meta quase atingida em outubro, com 1.368 unidades emplacadas). Potente, espaçoso e confortável, com painel sóbrio, design imponente e bem equipado, ele tem muitas qualidades e, graças à queda do dólar, a Ford conseguiu agregar mais equipamentos sem aumentar seu preço, bem competitivo.

O Fusion 2008 vem em novas cores: além de preto e prata, agora ele pode ser cinza, azul, vermelho ou verde. Além disso, um de seus problemas, a péssima visibilidade traseira, foi amenizado: agora ele tem sensor de estacionamento. Outra novidade é o sistema que avisa a hora de calibrar os pneus.

A última mudança é um item que parece um tanto desnecessário. Um teclado numérico na porta (esteticamente discutível) permite digitar um código para abrir portas e porta-malas sem a chave. Mas mesmo sem o código, a própria chave permite abrir o carro por controle remoto – mais prático e fácil.

FICHA TÉCNICA Ford Fusion SEL

Motor

4 cil. em l. 2.3 l., 16 V, aspirado

Transmissão

Câmbio automático, 5 marchas, tração dianteira

Dimensões (m)

comp: 4,83/ larg: 1,84 / alt:1,42 entreeixos: 2,73

Peso

1.523 kg

Porta-malas

530 litros

Gasolina

 

Potência

162 cv a 6.500 rpm

Torque

20,7 kgfm a 4.500 rpm

Vel. Máxima

180 km/h (limitada)

0 a 100 km/h

10s3

Consumo km/l

Cidade: 9,8 – Estrada: 14,6

Preço Sugerido

R$ 82.790