O Mini Countryman brasileiro vai mudar

O SUV compacto fabricado em Santa Catarina pela Mini vai mudar. A carroceria gordinha do Countryman atual dará lugar a uma mais durona, com linhas secas. Na dianteira e laterais, as superfícies ficarão bem menos arredondadas, e o teto será menos curvo. A plataforma UKL (do BMW X1) permitirá alargar a carroceria e crescer a distância entre-eixos.

Ele ficará mais esportivo, com um quê de Range Rover Evoque – como se vê nessas ilustrações. Os motores serão os mesmos do resto da linha. O modelo estreia no fim deste ano ou no começo de 2017, e logo depois começa a ser fabricado aqui.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga