Minicarro elétrico da Hyundai ajuda no tratamento de pacientes

O minicarro elétrico da Hyundai foi doado ao Hospital Infantil SJD Barcelona, na Espanha, com a função de auxiliar o tratamento dos jovens pacientes

Minicarro elétrico da Hyundai
Foto: Divulgação

A Hyundai Motor Company revelou hoje (14) os detalhes do minicarro elétrico com a tecnologia Emotion Adaptive Vehicle Control (EAVC). O fabricante lidera o desenvolvimento desta inovação como parte de uma colaboração com o Laboratório de Mídia do Instituto de Tecnologia do Massachusetts, nos Estados Unidos.

Baseado no conceito ’45’, o veículo utiliza a inteligência artificial e monitora tanto as expressões faciais quanto as frequências cardíacas/respiratórias. Essas leituras são combinadas ao veículo e aplicadas na velocidade, na aceleração, nos ruídos, nas vibrações, além de controlar os sistemas de iluminação, clima, música e dispensador de fragrâncias.

O minicarro com 1,380 m de comprimento, 820 mm de altura e 810 mm de entre-eixos possui a função de ajudar os pacientes do Hospital Infantil SJD Barcelona, na Espanha, como parte do projeto ‘Little Big e-Motion”. Ele é empregado na função de apoiar a mobilidade dos jovens pacientes da cama para as salas de tratamento. “Esperamos que a tecnologia EAVC proporcione uma experiência de mobilidade segura e divertida, além de ajudar na melhora nos quadros de saúde”, conta Jinmo Lee, engenheiro de pesquisa sênior da Hyundai Motor Company, que liderou o projeto.

+ MOTOR SHOW de dezembro/janeiro: Pagani Huayra W12 biturbo, SUVs elétricos e muito mais
+ SP vai ter rodízio de veículos em festas de fim de ano
+ Edição 436
+ Avaliação: Hyundai i20 é tudo que o HB20 poderia ser

O sistema de reconhecimento de emoção facial utiliza uma câmera instalada na frente do assento para identificar as emoções da criança em tempo real, enquanto o cinto de exercícios respiratórios envolve o corpo do passageiro e aplica uma leve pressão para ajudar no alívio da ansiedade permitindo uma respiração mais estável. Outra inovação está na iluminação adaptativa ao exibir as tonalidades verde, amarelo ou vermelho para ilustrar o estado emocional da criança.

Além disso, o Emotion Adaptive Scent Dispenser pulveriza fragrâncias sincronizadas com a respiração do passageiro. O minicarro ainda faz bolhas para comemorar o progresso do paciente em direção ao tratamento. Ainda segundo o fabricante, além de fornecer o suporte emocional para os pacientes, a tecnologia EAVC também auxilia no trabalho da equipe médica do hospital informando-os sobre o estado emocional sem a necessidade de interação pessoal – muito útil em tempos do COVID-19.

“Estamos muito animado com esta nova tecnologia. Isso mudará drasticamente a forma como os pacientes enfrentam o tratamento”, conta Joan Sanchez de Toledo, Chefe do Departamento de Cardiologia Pediátrica do hospital SJD.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel