Moonlight, agora para a família

Pega de surpresa pelos resultados obtidos com a série limitada Moonlight do 206 na versão hatch (4.600 unidades vendidas), a Peugeot não só decidiu produzir mais 1.500 unidades como também estender as características desta série especial com teto solar para a 206 SW. A princípio, serão colocadas à venda mil unidades.

O teto solar, acima, é o principal atrativo desta série especial, que vem também com outros detalhes exclusivos, como os retrovisores que imitam fibra de carbono

Com esse lançamento, a peruinha passa a ser a única do seu segmento a oferecer teto solar: um atrativo a mais em um carro que já tem uma lista de equipamentos bem completa. E a versão Moonlight vem com outros itens que incrementam o visual: rodas de liga leve, tampa do combustível tipo aviação, antena curta traseira, capa dos retrovisores que imita fibra de carbono e frisos laterais, pára-choques e maçanetas pintados na cor da carroceria. No interior, a grande novidade é o CD player com MP3, oferecido como opcional exclusivamente para esta versão Moonlight. Assim como o hatch, a 206 SW é equipada com motor 1.4 flex, que garante ao carro um desempenho bastante adequado. São 82 cavalos quando abastecido com álcool, potência na dose certa para uso em estradas e cidades com bons níveis de consumo de combustível. A suspensão tem bom equilíbrio entre conforto e segurança, mas o porta-malas, de 313 litros (até o nível da tampa), poderia ser maior.

*dados estimados

As únicas características que prejudicam um pouco a dirigibilidade são o câmbio, barulhento e de engates não muito precisos, e o freio, muito baixo. Outro detalhe: como a linha 206 será reestilizada em breve, inspirada na linha 207, já vendida na Europa há mais de um ano, é bom considerar que o modelo atual pode sofrer desvalorização.

COMPARTILHAR
Notícia anteriorPlcanto
Próxima notíciaSantana ainda reina na China