Morre o mito Carrol Shelby

CARROLL SHELBY: “Não acho que eu seja uma celebridade. Sou só um texano que ama carros e aviões”

Shelby Cobra originais são raríssimos – mostramos um deles na edição 349

Conhecido em todo o planeta por criar os lendários Shelby Cobra e Mustang Shelby, Carroll Shelby faleceu no dia 10 de maio, aos 89 anos, no Hospital Baylor, em Dallas (EUA), por causas ainda não con rmadas. A história de Shelby no automobilismo começou tarde, aos 30 anos, em um Ford 1932 V8 na categoria força livre, após se aventurar como dono de frota de caminhões de entulhos e empresário do ramo petrolífero. Em 1952, o texano se dedicava a corridas esportivas pilotando um raríssimo MG TC. Apaixonado por velocidade, Carroll ainda venceu as 24 Horas de Le Mans de 1959, pilotando por 323 voltas um Aston Martin DBR 1.

Série especial da Fender Stratocaster Shelby GT500KR

Em setembro de 1961, Shelby solicitou à fabricante britânica Ace Cars um modelo AC Ace capaz de acomodar um motor V8. A fabricante aceitou o desa o, e pediu a Shelby que providenciasse o motor adequado. Em janeiro de 1962, o motor Ford Windsor 4.2 V8 de ferro fundido foi instalado sob o chassi do AC (que já havia passado por mudanças em 1959 para a colocação de um motor Ford 2.6). Nasceu assim o mito AC Cobra Mark I, o lendário Shelby Cobra. Em 1964, Shelby abandona a carreira de piloto, em virtude de problemas cardíacos, e aceita o convite da Ford para desenvolver uma versão de alta performance do Mustang – que desbancou os Corvette nas pistas de competição.

Já em 1965, após o lançamento do Shelby GT 350, a Shelby-American, empresa fundada por Carroll, é contratada pela Ford para supervisionar o projeto do GT40. Em 1968, chega ao mercado o Mustang Shelby Cobra GT 500 – KR (sigla para King of the Road, ou Rei das Estradas).

“Seja ajudando a Ford a dominar as corridas nos anos 60, seja construindo os mais famosos Mustang, o entusiasmo e a paixão de Shelby por carros inspirou todos que trabalharam com ele ao longo de décadas. Ele era um inovador cuja marca jamais será esquecida”, comenta Edsel Ford II, membro do Conselho da Ford e bisneto de Henry Ford. O mito ainda administrava a Carroll Shelby Foundation”, criada por ele quando aguardava um transplante de coração em 1992, que, entre outros projetos, dava assistência a crianças.

1) Shelby, em 1963, junto aos três Cobra roadster que venceram o USRRC daquele ano.

2) A primeira unidade do Shelby GT 2007, que foi leiloada para ajudar a Carroll Shelby Foundation.

3) Um Shelby Mustang GT-350H de 1966.

4) Nas 24 Horas de Le Mans de 1967, Shelby tem um merecido descanso.

5) Primeiro Shelby Cobra, de 1962

 

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorConforto acessível
Próxima notíciaAgora no rumo certo