Mortes no trânsito aumentam no Brasil; veja onde é mais perigoso

O País registrou 5.381 mortes em rodovias federais durante 2021

0
1013
Foto: Pixabay

Os acidentes e as mortes no trânsito em rodovias federais aumentaram no Brasil em 2021, na comparação com 2020, interrompendo uma sequência de quedas consecutivas observadas desde 2011.

O levantamento foi realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e divulgado pela Agência Brasil nesta semana.

+ Brasil tem 28 infrações de trânsito por uso do celular a cada hora
+ Motoristas já podem vender carros pelo app Carteira Digital de Trânsito; veja
+ Big Brother do trânsito: multas por videomonitoramento já estão valendo


Acidentes e Mortes

O número de acidentes cresceu de 63.548, em 2020, para 64.441, no ano passado. Em 2021, foram registradas 5.381 mortes ante as 5.291 do ano anterior.

Minas Gerais foi o Estado com maior número de acidentes (8.308), de feridos (9.962) e mortos (692).

Santa Catarina e Paraná aparecem em seguida, com um total de 7.882 e 7.330 acidentes, respectivamente.

Rodovias mais perigosas

O trecho da BR-101 em Santa Catarina lidera o ranking de acidentes (4.094) e feridos (4.310), seguido da BR-116 em São Paulo, que registrou 3.099 acidentes e 3.151 feridos.

Por outro lado, a rodovia que teve maior número de registros de mortos foi a BR-116 (SP), com 173 casos.

Em segundo lugar ficou o trecho da BR-381 em Minas Gerais, com 162 óbitos, e da BR-101 na Bahia, com 153 mortes.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Licenciamento de veículos: confira o calendário e como pagar em SP
+ Contran vai beneficiar motoristas que não cometerem infração por 1 ano
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ Nova geração da Suzuki Hayabusa está perto de chegar ao Brasil
+ Defasagem do preço da gasolina chega a 19%; diesel fecha em 5%
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ IPVA SP 2022: parcela vence para veículos com placa final 4