Morto em 2014, Saab 9-3 ressuscita como carro elétrico na China

E o 'novo' carro não é mais uma daquelas cópias do mercado local. Entenda a história

1872
NEVS 9-3 (Foto: Divulgação)

Sedã produzido sobre a mesma base do Chevrolet Malibu, o 9-3 foi um dos últimos carros feitos pela finada fabricante de automóveis Saab, tendo deixado de ser produzido na Suécia em 2014. Mas se engana quem acha que o projeto morreu. E o novo carro está longe de ser uma cópia. A NEVS, empresa sueca de capital chinês que adquiriu os ativos da massa falida da Saab, retomou na China a produção do 9-3. E desta vez, com um conjunto motriz elétrico e pequenas mudanças no visual.

O primeiro exemplar do agora NEVS 9-3 elétrico deixou a linha de montagem em Tianjin na última terça-feira (5). Inicialmente, a empresa pretende produzir 50 mil unidades do modelo por ano, podendo elevar a capacidade produtiva, em uma segunda fase, para 220 mil unidades anuais. A NEVS não divulgou informações técnicas sobre o modelo, se limitando a informar que o 9-3 elétrico tem uma autonomia de 300 km.

O Saab 9-3 ‘original’ (Foto: Divulgação)

Graças aos incentivos concedidos aos veículos híbridos e com propulsão 100% elétrica (confira aqui outras curiosidades sobre o mundo automotivo da China), o mercado do país asiático é atualmente o maior do mundo para veículos com propulsão limpa. Em 2016, 40% dos automóveis elétricos comercializados no mundo foram vendidos na China, aponta um estudo da International Energy Agency.

blog comments powered by Disqus