Motorista que atingir 20 pontos perderá CNH por seis meses

E para os condutores reincidentes no período de um ano, o prazo mínimo de suspensão sobe de seis para oito meses

tirar a CNH

Passa a valer a partir desta quarta-feira (1º) o prazo mínimo de seis meses de suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para os motoristas que acumularem mais de 20 pontos por infrações de trânsito. Até então, o prazo mínimo era de um mês. Já para os motoristas reincidentes no período de um ano, o prazo mínimo de suspensão sobe de seis para oito meses.


A mudança no Código de Trânsito Brasileiro foi estabelecida pela Lei Federal nº 13.281/2016, que entrou em vigou em novembro do ano passado. A razão para começar a valer só a partir de amanhã é que o condutor é penalizado ao somar ou ultrapassar os 20 pontos no intervalo de 12 meses. A nova regra não vale para os motoristas que somaram 20 pontos com infrações cometidas antes de 1º de novembro de 2016. Neste caso, ainda vale a regra antiga.

O processo de suspensão da CNH não é automático. O condutor recebe uma notificação de abertura do processo e tem direito a apresentar recurso. Caso a suspensão seja confirmada, o motorista é notificado para entregar a habilitação ao órgão de trânsito. A CNH só é devolvida após o cumprimento do prazo da suspensão e a apresentação do certificado de conclusão do curso de reciclagem.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel