Nasce a Stellantis, o quarto maior fabricante do mundo

A Stellantis nasceu de uma fusão bilionária de US$ 52 bilhões. E até o final deste ano, dez novos modelos eletrificados chegam aos mercados

Stellantis
Foto: Divulgação

Em 16 de janeiro deste ano foi concluída a fusão do Grupo PSA com a Fiat Chrysler Automobilies (FCA). E a partir de hoje (19) inicia-se a primeira página da história da Stellantis. O quatro maior fabricante de carros do mundo envolveu uma transação bilionária de US$ 52 bilhões (algo próximo de R$ 277,6 bilhões, em conversão direta).

A Stellantis está sediada em Amsterdã, na Holanda, e formada pelas marcas Abarth, Alfa Romeo, Chrysler, Citroën, Comau, Dodge, DS Automobilies, Fiat, Fiat Professional, Free2Move, Jeep, Lancia, Leasys, Maserati, Mopar, Opel/Vauxhall, Peugeot, Ram, SRT e Teksid. O conselho administrativo composto por 11 membros é liderado pelo Chairman John Elkann trazendo Carlos Tavares como CEO.

Stellantis
Carlos Tavares (à esquerda) e John Elkann (à direita)

+ Quer o novo HB20? A Hyundai vai sortear um; como participar
+ Poupatempo e Detran não vão mais entregar CNH em unidades
+ Viagem de carro: uma aventura pelas praias do Litoral Sul de São Paulo (Ilha Comprida, Cananeia e Jureia)
+ Sem taxa, preço do pneu pode ficar mais barato

A presença da Stellantis já está estabelecida na Europa, nas América do Norte/Latina, além de também explorar outras regiões importantes, como a China, o Oriente Médio, a Oceania e a Índia. As instalações industriais englobam mais de 30 países, com uma capacidade de atuação em mais de 130 países. “Não só queremos ganhar em escala, como também em inovação. Ou seja, tirar proveito das nossas qualidades para ofertar novos produtos e serviços”, diz o CEO Carlos Tavares, durante uma entrevista coletiva online.

A empresa espera alavancar seu tamanho/economias para viabilizar o investimento em soluções de mobilidade visando sinergias anuais de mais de € 5 bilhões. Essas estimativas de sinergia serão alcançadas por meio da implementação de estratégias, otimização de plataformas/powertrains e um foco nos processos de fabricação. Contudo, não existem planos de fechamentos de fábricas. Ao todo, mais de 400.000 pessoas de 150 nacionalidades compõem a diversidade da Stellantis.

A eletrificação é um dos pilares da Stellantis. Atualmente, com uma gama formada por 29 carros à venda a previsão é de serem 39 modelos disponíveis no final de 2021. “Até 2025, todo lançamento terá uma variante eletrificada“, adianta o executivo. “Os motores e transmissões para veículos elétricos, assim como o conjunto de baterias vão ser fabricados internamente ou por meio de joint ventures”, completa. Outros assuntos de grande importância para a nova empresa são o compartilhamento de carros e ainda a condução autônoma.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel