Nasce uma nova estrela


MERCEDES CLASSE E500 R$ 370.000 (ESTIMADO)

A Mercedes não brinca em serviço, principalmente quando o assunto é o Classe E, até há pouco tempo sua linha de sedãs mais vendida em todo o mundo. O Classe E só perdeu essa liderança dentro da marca depois do lançamento do último Classe C, outro sucesso mundial recente da Mercedes. Mas os dirigentes da marca alemã estão certos de que, depois da apresentação deste novo E, ele passará a reinar novamente. E motivos para isso os alemães têm de sobra. Afinal de contas, o novo E é m carro marcado pela alta tecnologia utilizada desde

seu projeto, passando por uma sofisticada construção de sua segura carroceria e chegando até o impressionante pacote de equipamentos visando à segurança, ao conforto e até aos cuidados com o meio ambiente.

O carro, desde o projeto, é totalmente novo. A carroceria é o coração do conceito de segurança que norteou o projeto. É estampada em aço resistente com espessuras variadas em pontos considerados chaves no caso de impactos, tanto os frontais quanto os laterais e traseiros ou até mesmo nos capotamentos. Assim, longarinas dianteiras e traseiras, coluna entre as portas dianteira e traseira e assoalho são estampados em chapas duplas ou triplas. Esse novo monobloco atingiu uma rigidez torcional que chega a ser cerca de 72% maior que a da carroceria anterior, que já era muito boa. É um novo marco mundial. Quase um tanque de guerra se considerarmos tratar-se de um automóvel de passageiros. No formato da carroceria, outro recorde: seu Cx (coeficiente de forma aerodinâmica) é de baixíssimos 0,25. Na prática, a melhor aerodinâmica significa menor consumo rodoviário, menos ruídos da passagem do vento na carroceria, menores índices de poluição e uma performance superior nas altas velocidades.

Com um interior agradável e aconchegante, ao entrar no novo E a primeira surpresa: a alavanca de comando da transmissão automática deixou o console central e as trocas passaram a ser feitas em uma pequena haste sob o volante. Como basta selecionar o “drive” e sair andando, não se justifica aquela alavanca enorme no meio do console. É possível fazer trocas manuais? Claro, basta utilizar o comando no volante de direção. Mas o que impressiona mesmo são os vários recursos que visam a uma condução mais segura, reduzindo os riscos ou minimizando as consequências de um acidente.

O local, antes reservado à alavanca de câmbio, abriga um porta-objetos. O botão seletor, logo à frente, é usado para comandar os ajustes da suspensão e o sistema de entretenimento, visualizado na tela

Um leitor eletrônico, por exemplo, consegue identificar uma placa de velocidade na estrada e advertir, no velocímetro, qual a máxima permitida naquele trecho (veja mais detalhes sobre esse e outros sistemas no especial sobre tecnologia na página 60). Mas um dos sistemas mais interessantes é o piloto automático que reduz a velocidade do veículo sempre que surge um veículo mais lento à frente. Inicialmente, adverte o motorista sobre veículos à frente em uma distância menor que 200 m. Se 2,6 segundos antes de um possível impacto nenhuma providência tiver sido tomada pelo motorista, o sistema adverte para a utilização dos freios. Se, mesmo assim, nada ocontecer, uma pré-frenagem (40% da capacidade máxima) com aviso sonoro intervém automaticamente no sistema de freio. Se não houve desvio ou qualquer outra ação do motorista, quando faltar 0,6 segundo para o impacto, o sistema freia com potência máxima para minimizar as consequências do choque. Inteligente!

No Brasil os novos carros começam a ser vendidos em junho, nas versões Elegance e Avantgarde com motores V6 3.5 (E 350) de 272 cv ou V8 5.5 (E 500) de 388 cv, com câmbio automático de sete marchas. A versão AMG, com o motor V8 6.3 e câmbio automático de sete marchas com programa AMG, assim como o E Guard (versão blindada), apenas sob encomenda. Os novos preços ainda não estão definidos, mas acredita-se que não deverão ser muito diferentes daqueles que vinham sendo praticados. Um Mercedes que chega como um divisor de águas de seu tempo.

AS FASES DO CLASSE E

Clique aqui para ampliar

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorAs novas caras da F1
Próxima notíciaPajero Sport 2010