Nem precisava ter mudado


“Vamos brincar de corrida de gotinha?” A proposta feita a minha filha veio de seu irmão, enquanto observavam a chuva caindo sobre o teto panorâmico de vidro do 3008. “Esta gota é minha, aquela é sua, e a que atravessar o carro primeiro ganha”, continuou a brincadeira. Enquanto ouvia a conversa e curtia a tranquila convivência das crianças em uma viagem que já durava quatro horas, pensei que essa cena resumia o espírito deste crossover. É absolutamente completo como familiar: um automóvel no qual todos se acomodam, se divertem e curtem a viagem.

A grande vantagem aqui é que quem está ao volante, ao contrário do que acontece em outros carros com essa proposta, também não sente tédio. O eficiente motor 1.6 turbo recebeu melhorias como novo sistema de escape, novos pistões e uma calibração diferenciada que lhe garantiu nove cavalos a mais que a versão anterior, totalizando 165 cv. Essas alterações deixaram o funcionamento do motor mais suave, mas em desempenho não fazem uma enorme diferença. Assim como no primeiro modelo de 3008, o pequeno e robusto propulsor, unido ao moderno câmbio de seis marchas, está sempre preparado para retomar velocidade. Falta apenas uma opção de trocas no volante. Unido a esse conjunto motriz está a suspensão que faz o 3008 parecer muito mais um hatch que um monovolume. Ele inclina pouco e contorna curvas com precisão, mesmo quando se abusa nas saídas, e está sempre equilibrado com a ajuda do ESP.

A vida a bordo é facilitada pela extensa lista de itens: ar digital bizone com saídas traseiras, retrovisores elétricos rebatíveis, sensor de estacionamento, freio de mão com acionamento elétrico, porta-objetos refrigerado, cortinas nas janelas traseiras, aviso de cinto desatado no banco traseiro… E, nos momentos de perigo, freios ABS e seis airbags.

Para completar, o bagageiro com dois andares leva 512 litros de bagagens. O que mais você poderia querer de um familiar? Por R$ 91.490, talvez um habitáculo com sete lugares. Fora isso, o Peugeot 3008 Griffe oferece tudo.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel