Nissan inicia exportações do March e Versa

Com o cenário ruim no mercado automobilístico local, as montadoras com fábricas no Brasil investem nas exportações. A Nissan quer fechar o ano exportando o March e Versa nacionais para seis países da América do Sul.

Os compactos, produzidos desde 2014 na unidade industrial de Resende (RJ), já são enviados para o mercado paraguaio. Até agosto, a marca japonesa pretende firmar acordos de exportação dos dois modelos para Bolívia, Chile, Peru e Uruguai. E o mercado argentino também está nos planos da Nissan.

A unidade industrial tem capacidade para produzir até 200 mil veículos e 200 mil motores por ano. Além de March e Versa, a fábrica fluminense monta os motores 1.6 de quatro cilindros e 1.0 de três cilindros usados nos dois modelos. Até o fim do ano, a montadora japonesa inicia em Resende a montagem do crossover compacto Kicks.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar