Nissan Leaf tem custo de revisão até 30% mais baixo que carro comum

Modelo elétrico da marca japonesa foi lançado em julho no mercado brasileiro

carregamento sem fio
Nissan Leaf (Divulgação)

Recém-lançado no Brasil (leia mais aqui), o elétrico Nissan Leaf tem custo de manutenção até 30% inferior ao de um modelo médio equipado com motor a combustão, aponta a montadora japonesa.

O cálculo foi feito com base nos custos de revisão do Leaf. Sem a necessidade de troca de filtros e fluídos do motor, o proprietário vai desembolsar R$ 2.404 até os 60 mil km.

A rotina de revisão do elétrico é um pouco diferenciada em relação a um automóvel convencional, com a inspeção das portas de carregamento e do uso do bateria. Mas a verificação inclui também itens de desgaste natural em qualquer veículo, como os componentes da suspensão, freios e direção.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar