Nissan Versa estreia motor 3 cilindros 1.0 de 77 cavalos

0
7345

Você já viu um sedãzão com motor 1.0? Nós já. Aproveitando o sucesso do novo Versa, a Nissan acaba de dotá-lo de um motor que também está muito na moda ultimamente, um 3 cilindros 1.0. Para quem já sai dizendo que não dá, que o Versa é muito espaçoso e, por isso, é um carro grande e coisa e tal, duas constatações: o carro é um compacto, apenas tem alguns centímetros a mais na distância entre-eixos, justamente o que lhe confere um ar de “carrão” e espaço interno comparável a sedãs de categoria superior; e o motor 1.0 de 3 cilindros e 77 cv de potência, mesmo não sendo um “motorzão”, dá conta do recado e é gostoso de ser manejado. Bom, pelo menos essa foi a sensação que o carro passou durante o test-drive de 60 quilômetros por estradas e trechos urbanos, com duas pessoas e ar-condicionado ligado.

Tanto o novo Versa quanto o novo motor são produzidos no Brasil, na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro. O tricilíndrico é o mesmo que já equipa o Nissan March, que, por sua vez, é derivado do motor HR12 de 1,2 litro utilizado em muitos países. Para ficar com a cilindrada de 999 cm3, foi encurtado o curso do pistão, o que resultou em um motor mais suave e de maior rotação máxima, o que favorece a potência. O torque é de 10 kgfm, um bom valor para um motor de 1 litro. Esse motor tem bloco e cabeçote de alumínio e sistema variável de admissão, o CVVTCS.


Não se pode falar de um motor 3 cilindros sem comentar sobre o seu ronco característico, meio metálico e muitíssimo agradável aos ouvidos. Comparando com o ronco do 4 cilindros 1.6 convencional, este último chega até a perder a graça ao acelerar.

O pequeno motor não faz milagre, afinal é um 1.0, porém parece que se adequou muito bem no sedã, basta não querer abusar de suas limitações. De acordo com o fabricante, o baixo consumo é um dos pontos altos do novo motor, que chega a fazer até 15,2 km/l de gasolina, merecendo nota “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro. Atende ainda à nova fase do Proconve L6 de emissões poluentes.

Por fim, o novo motor 1.0 de 3 cilindros do Nissan Versa tem o sistema FlexStart, da Bosch, que não precisa de um tanque auxiliar de gasolina para facilitar a partida em dias frios quando o tanque do carro está totalmente abastecido com etanol. Uma boa comodidade.

O novo Nissan Versa 1.0 começa a ser vendido no dia 23 de março em duas versões, a de entrada, que já tem, de série, ar-condicionado e direção eletricamente assistida, por R$ 41.990, e a “S”, que tem a mais o sistema de som com comandos no volante e as rodas de liga leve, por R$ 44.990, exatos R$ 3.000 a mais.

De resto, todas as novidades do novo Nissan Versa são as mesmas das outras três versões equipadas com motor 1.6, cuja avaliação completa pode ser vista na edição de abril da revista MOTOR SHOW, nas bancas a partir do dia 31 de março.