Novo BMW i8 já está à venda no Brasil a partir de R$ 649.950

Linha 2020 do superesportivo híbrido já pode ser reservada; entregas serão no 2º semestre

BMW i8 chega ao Brasil via encomenda desde 2014 (Foto: Flavio Silveira)

A BMW começa a vender nesta semana, por encomenda, a versão reestilizada do BMW i8, superesportivo híbrido da marca oferecido no mercado nacional desde 2014 – época em que chegou a ser importado por R$ 800 mil.

O i8 2020 está mais barato: custa R$ 649.950 na versão cupê e R$ 699.950 na roadster. As estregas estão previstas para o segundo semestre. Quem fizer reserva nesta ação de pré-venda leva gratuitamente para casa o Wallbox (carregador de parede de recarga rápida), já que o i8 é um híbrido plug-in (recarregável em tomada).

Uma das principais atrações da BMW nos Salões de Automóveis dos últimos anos, o i8 foi revelado globalmente em 2013, chegou ao Brasil em 2014. Ele une um motor 1.5 turbo de três cilindros a um motor elétrico responsável por mover as rodas dianteiras – enquanto o motor à gasolina movimenta as traseiras.

Os dois motores geram potência combinada de 374 cv e 42 kgfm de torque, resultando em velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente) e aceleração de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos (Roadster) e 4,4 segundos (Coupé). No modo puramente elétrico, o i8 pode rodar por até 45 quilômetros em propulsão puramente elétrica, sem emissões de poluentes.

BMW i8 Roadster foi um dos destaques da marca no Salão de SP (Foto: Roberto Assunção)