Novo Defender chega só em 2018

O Land Rover Defender sai de linha em dezembro, vitmado pelas rígidas regras de segurança e emissões europeias. Mas o seu sucessor deve chegar ao mercado só em 2018, e não em 2016, como a imprensa britânica havia anunciado anteriormente.

A informação é da revista americana Automobile Magazine, que cita fontes de dentro do fabricante. De acordo com a publicação, o modelo deve perder o ar de jipe rústico para assumir o jeitão do conceito DC100, apresentado em 2012 e mais próximo ao dos utilitários de luxo que atualmente compõem o restante da linha Land Rover. O principal indício é o abandono da tradicional fórmula da carroceria sobre chassi pela adoção de um monobloco.

O novo Defender será produzido em cinco versões de carroceria diferentes, que incluem jipes e picapes com chassi curto e longo, além da capota metálica ou de lona. Sob o capô, o modelo irá adotar os novos propulsores a diesel e gasolina da linha Ingenium, com opção da transmissão manual de seis marchas ou automática de nove.

 

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar