Novo ‘dieselgate’: autoridade europeia investiga Hyundai e Kia

Ao todo, a fraude poderia envolver mais de 210 mil veículos a diesel

0
7
Foto: Reprodução/Site Hyundai

A Agência da União Europeia para Cooperação e Justiça Criminal (Eurojust) investiga a Hyundai e Kia. Oito instalações comerciais na Alemanha e em Luxemburgo foram pesquisadas como parte da operação.

A entidade suspeita de que mais de 210.000 carros a diesel montados pelas marcas sejam parte de uma fraude.

+ VW vai reparar os 11 milhões de carros do “dieselgate”
+ Hyundai lança Creta N Line 1.0 turbo no Brasil por R$ 159.490
+ Creta 2023 recebe comando de voz para o teto solar; veja os preços


Segundo divulgado pelo site Autocar, os veículos podem ter um dispositivo que melhora o desempenho de emissão de gases.

É possível que o software tenha vindo dos fornecedores Bosch e da antiga Delphi Technologies.

A reportagem diz que a Hyundai, que também é proprietária da Kia, está colaborando com as investigações.

Vale lembrar dos casos de dieselgate da Volkswagen. No mês passado, o grupo alemão concordou em pagar £ 193 milhões a mais de 90.000 motoristas do Reino Unido pelo escândalo.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Jeep Renegade: versão Limted vai retornar na linha 2023
+ Licenciamento: veja o calendário completo e como pagar em SP
+ Gasolina em SP deve ficar R$ 0,48 mais barata na bomba
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Chevrolet libera teaser da nova geração da S10; assista
+ Compra do Ano 2023/Hatch premium: Mercedes-Benz Classe A
+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Piquet chama Hamilton de ‘neguinho’ e é repudiado por Mercedes e F1
+ Creta 2023 recebe comando de voz para o teto solar; veja os preços
+ Novo Fusca mescla linhas do passado e itens futuro por R$ 3 milhões
+ Ford revela nova Ranger Raptor com as cores da bandeira LGBTQ+