Novo Honda CR-V

NOVO HONDA CR-V

Foi divulgada pela Honda a primeira imagem o cial da quarta geração do CR-V (disfarçada de concept). Ainda sem muitas informações, as mudanças estéticas aparecem no para-choque dianteiro, faróis com máscara negra, grade do radiador, lanternas mais arredondadas e a nova lateral. O modelo será lançado durante o Salão de Los Angeles, nos Estados Unidos, este mês.

Enfim, a Brilliance chega ao Brasil

A marca chinesa representada pela CNAuto apareceu no último Salão do Automóvel de São Paulo. Por causa de um atraso de homologação, as vendas do hatch FRV iniciam-se a partir de outubro ou novembro deste ano. Equipado com motor 1.5 de 104 cv e câmbio manual, tem preços que variam entre R$ 43 mil e R$ 55 mil. A opção com transmissão automática desembarca por aqui até o nal do ano. Já o sedã FSV chega somente em dezembro.

Uma nova geração de hatches médios

A Peugeot prepara a nova geração do 308 (confira nossa projeção). O modelo, lançado na Europa em 2007, não conseguiu repetir o sucesso do 307 e deve ser substituído em 2012. Já a Hyundai divulgou a imagem da nova geração do i30 (abaixo), que adotou a identidade visual da marca e deve aparecer no Salão de Frankfurt este mês.

“A minha meta é continuar com a qualidade e, cada vez mais, satisfazer os nossos clientes. Queremos produzir e vender os melhores veículos do mundo”

disse Grace Lieblein, nova presidente da General Motors do Brasil durante sua primeira coletiva de imprensa aos jornalistas brasileiros.

LINHA HONDA FIT 2012

O Honda New Fit 2012 chegou sem mudanças visuais ou mecânicas. Continua sendo comercializado em cinco versões e com motores de 1,4 litro e 1,5 litro. Segundo a marca, desde o lançamento da segunda geração do monovolume (2008) até o nal do primeiro semestre deste ano acumula mais de 110 mil unidades emplacadas. Con ra como caram os preços do monovolume. R$ 51.805 (DX MT Flex), R$ 55.805 (DX AT Flex); R$ 54.905 (LX MT Flex), R$ 58.905 (LX AT Flex), R$ 57.860 (LXL MT Flex), R$ 61.855 (LXL AT Flex), R$ 61.715 (EX MT Flex), R$ 65.720 (EX AT Flex), R$ 71.720 (EXL AT Flex).

A MARCA ALEMÃ APRESENTA O FUTURO

Depois de a letra M denominar as versões esportivas, chegou a vez de o “i” identi car os modelos elétricos ou híbridos da marca bávara. O i3 será o primeiro carro totalmente elétrico produzido pela BMW em larga escala. Equipado com motor de 150 cv poderá ser recarregado em tomadas residenciais em apenas oito horas. De acordo com a BMW, o preço será de US$ 35 mil. Já o híbrido i8 – versão nal do conceito Vision Ef cient Dynamics mostrado no último Salão de São Paulo – combina um motor tricilíndrico a diesel de 1,5 litro a outro propulsor elétrico para gerar 328 cv. Segundo a marca, faz de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e média de consumo de 33 km/l.

Morre o criador dos Hot Wheels

Em 21 de julho morreu o criador dos carrinhos Hot Wheels, Elliot Handler, aos 95 anos. A coleção de miniaturas que é sucesso absoluto entre crianças e adultos foi lançada na década de 60. Durante toda a história da Hot Wheels já foram produzidos mais de dez mil modelos. Sendo eles, de carros verdadeiros a criações próprias idealizadas por renomados designers convidados.

Fiat leva prêmio da Dinheiro

A Revista ISTOÉ Dinheiro, da Editora Três, premiou, no mês de agosto, as 500 Melhores Empresas do Brasil. A Fiat foi escolhida como a “Empresa do Ano”, um título ainda inédito no portfólio da companhia. Na foto ao lado, durante a cerimônia de premiação, em São Paulo, da esquerda para a direita: Caco Alzugaray, presidente executivo da Editora Três; Cledorvino Belini, presidente da Fiat e da Chrysler para a América Latina; Domingo Alzugaray, editor e diretor responsável da Editora Três; e Michel Temer, vice-presidente da República.

É o valor dos investimentos previstos para a fábrica da JAC Motors no Brasil. De acordo com a marca, a capacidade produtiva será de 100 mil unidades/ano.

BMW SÉRIE 1M KELLENERS SPORT

O que poderia ser melhorado em um BMW Série 1 M Coupé? É uma pergunta difícil. Mas, a Kelleners Sport arrumou um jeito de deixar o coupé ainda mais apimentado. Batizado de KS1-S, teve a potência do motor, de seis cilindros em linha com dois turbos, elevada de 340 cv para 410 cv e o torque saltou dos 45,9 kgfm para 56 kgfm. Além disso, recebeu um novo kit de carroceria que melhorou a aerodinâmica em altas velocidades, sistema de escapamento retrabalhado, suspensões ajustáveis e rodas de 20” com pneus de medidas 245/30 na dianteira e 265/30 na traseira. E não é que conseguiram melhorar o que já era bom!

A FRONTIER PARTE PARA O ATTACK

Uma das séries especiais de maior sucesso da antiga Nissan Frontier está de volta. Com o sobrenome Attack, a série especial aposta em um visual off-road e pneus todo-terreno. Segundo as otimistas estimativas da própria marca, deve representar 40% do total de vendas da picape. A novidade está sendo vendida em três versões: com o motor mais “manso”, de 144 cv e 36,3 kgfm, câmbio manual de seis marchas, há opções com tração traseira (R$ 93.990) e 4×4 (R$ 100.900). Já com o motor de 172 cv e 41,1 kgfm, a série tem apenas câmbio automático e sai por R$ 127.490.

Trofeo Linea tem novo motor para temporada 2012

A Fiat Powertrain desenvolveu uma nova versão do motor Fire 1.4 T-Jet. Com a adoção de novos injetores, turbocompressor, enquadramento das válvulas, parafusos de xação do cabeçote, intercooler e calibração, a potência foi para 260 cv. O objetivo foi aumentar a competitividade. As equipes recebem os novos propulsores em março do próximo ano.

Audi urban concept

Criado para os grandes centros urbanos o conceito estará no Salão de Frankfurt, em setembro. A carroceria é construída em plástico para favorecer no peso e utiliza dois motores elétricos alimentados por baterias de íon de lítio. Uma curiosidade. Não há portas. Para entrar no interior os dois ocupantes precisam deslizar o teto. Além disso, foi revelada também a versão Spyder do carrinho.

Novo Subaru Forester S-Edition

A série especial é vendida na versão topo de linha. Comercializada por R$ 135 mil traz os bancos revestidos em couro com ajustes elétricos e detalhes na cor Alcântara Azul, ar-condicionado digital de duas zonas, câmara de ré, freios ABS e EBD, rodas de 17” e aerofólio. O motor 2.5 16V turbo produz 270 cv e 35,4 kgfm disponíveis entre 2.800 rpm e 4.800 rpm. A tração é permanente nas quatro rodas com diferencial de escorregamento limitado.

FIAT STRADA DUALOGIC

A transmissão automatizada Dualogic passa a ser oferecida na picape Fiat Strada. Disponível para a versão Adventure cabine dupla, chega ao mercado por R$ 55.350. Além disso, vem equipada de série com duplo air bag, freios ABS, ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos, volante com regulagem de altura, rodas de 15” e pneus de uso misto.

Renault Logan 2012

O sedã chega com mudanças visuais e opção de transmissão automática de quatro velocidades na versão Expression que sai por R$ 41.950. Continuam ainda as vendas das versões Authentique e Expression equipadas com transmissão manual de cinco velocidades e motor 1.0 16V Hi- Flex. Além disso, há uma nova paleta de cores, o nome do carro passa a ser xado no centro da tampa do porta-malas e o rádio CD/MP3 traz conectividade Bluetooth e entradas USB e para Ipod.

ITAIPAVA GT BRASIL: POR DENTRO DO CORVETTE

Os dois únicos Chevrolet Corvette Z06R desta temporada da Itaipava GT Brasil são pilotados por Claudio Dahruj e Pedro Queirolo. Para ser competitivo entre os rivais, toda a preparação foi realizada pela Callaway Competition. Feita a encomenda, são três meses para receber o carro pronto.

O custo do carro é de 310 mil euros. “O que motivou a escolha do Corvette foi o fato de ninguém ter esse carro no Brasil e também por ele ter sido campeão da GT3 europeia”, explica o chefe de equipe Cláudio Chiarelli.

O monobloco é o mesmo de fábrica. No entanto, somente o teto mantém a originalidade. Toda a carroceria é de bra de carbono para aliviar o peso e chegar aos 1.230 kg. Além disso, segundo Chiarelli, todas as tomadas de ar e o radiador de água são construídos com o mesmo material.

A mecânica V8 de sete litros é inteiramente preparada na Alemanha. Com as modi cações, a potência salta dos 505 cv a 6.300 rpm para 560 cv a 6.500 rpm. O câmbio de seis marchas da marca Hewland tem relações encurtadas.

“O motor custa 55 mil euros e resiste a uma temporada inteira”, explica Chiarelli. “No circuito do Anhembi, em São Paulo, a velocidade máxima foi de 263 km/h. Acredito que em uma reta longa o nosso Corvette possa superar os 280 km/h”, completa. A suspensão é especí ca para corridas, assim como os amortecedores e os freios de carbono com pinças de seis pistões na frente e atrás. Em caso de capotagem, o tanque de combustível evita vazamentos.

“O Corvette é um carro rústico de pilotagem. A cada prova um engenheiro da Callaway vem ao Brasil para monitorar e avaliar seu desempenho em constante evolução”, conta.

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorAqui cabem sete
Próxima notíciaBenz, a embaixatriz