Novo Mitsubishi Pajero Sport chega ao Brasil por R$ 265.990

Rival de Toyota SW4, Chevrolet Trailblazer e Land Rover Discovery Sport, modelo aposta no alto nível de tecnologia para emplacar no país

Nova geração do Pajero tem frente bonita e agressiva (Foto: Divulgação)

Mostrado de forma antecipada no Salão do Automóvel de São Paulo em novembro do ano passado, a nova geração do Mitsubishi Pajero Sport chega de forma oficial ao Brasil nas próximas semanas, em versão única de acabamento e motorização (chamada HPE Diesel), por R$ 265.990. Ainda não foi anunciado pela marca quando as entregas começam, mas a empresa já começou a aceitar reservas por meio de seu site e nas próprias concessionárias.

Com visual polêmico por conta da traseira… controversa, ele será mais uma opção dentro do segmento de SUVs grandes de sete lugares, onde já disputam mercado modelos como Land Rover Discovery Sport, Toyota SW4 e Chevrolet Trailblazer, entre outros.

O motor do novo Pajero será o mesmo utilizado pela picape L200 Triton: um quatro-cilindros 2.4 turbodiesel com intercooler, de 190 cv e 43,9 kgfm de torque, sempre aliado a uma caixa de câmbio automática de oito marchas. Dessa forma, a capacidade off-road também é digna de elogios: 4×4 com reduzida e opção de bloqueio do diferencial traseiro.

Nas medidas, ele tem 4,78 m de comprimento, 2,80 m de entre-eixos, 1,81 m de largura e 1,80 m de altura. Isso significa bom espaço interno: com a terceira fileira de bancos guardada no assoalho, o porta-malas chega a bons 571 litros de capacidade – mesmo com os sete bancos levantados, segundo a marca, ainda há 277 litros. Além disso, o modelo ainda oferece bons ângulos para o uso no fora-de-estrada: 30° de ataque; 24,2° de saída; 23° de rampa; e 45° de inclinação lateral.

Já a traseira peculiar… digamos, tem gerado muitas discussões (Foto: Divulgação)

O que vem
Entre os itens oferecidos de série na versão única comercializada estão: câmera-de-ré; teto-solar; sensor de estacionamento; controle de subida e descida (assistente de partida em rampas); controle de tração e estabilidade; sensor de chuva e crepuscular; controle de cruzeiro adaptativo com frenagem autônoma; sistema de mitigação de colisão, alerta de ponto cego; retrovisores externos elétricos com rebatimento automático e faróis (e lanternas) em LED com regulagem de altura, lavador, DRL e faróis de neblina.

Ainda por fora, o SUV oferece rack de teto pintado de prata, maçanetas cromadas; rodas de liga leve de 18 polegadas calçadas por pneus 265/60 R18, para-barro e aerofólio.

Por dentro, ar-condicionado de duas zonas (com saídas para a segunda e terceira fileiras), 11 airbags, incluindo bolsas na terceira fileira de bancos; freio de estacionamento por botão; sistema multimídia com tela de sete polegadas com entrada USB e conexão para AndroidAuto e CarPlay e WiFi; painel de instrumentos com display colorido de multi-informação; banco do motorista com ajuste elétrico; volante multifuncional com comandos de áudio e para o computador de bordo, além de borboletas para trocas de marcha.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar