Novo Peugeot 208 chega com melhor cabine da categoria; veja versões, preços e fotos exclusivas

Nova geração do Peugeot 208 decepciona sem o motor 1.2 turbo, mas capricha no design, na cabine e na lista de itens de série. Confira todas as versões, preços e equipamentos

novo Peugeot 208

Atrasada pela pandemia, o novo Peugeot 208 foi enfim lançada no Brasil hoje pela marca francesa. A nova geração do hatch recebeu a plataforma CMP, que o fez crescer de tamanho, mas ficou devendo o motor 1.2 turbo tão elogiado pelos europeus (leia aqui). Todas as quatro versões a combustão vem com o conhecido conjunto de motor 1.6 e câmbio automático de seis velocidades, com preços entre R$ 74.990 e R$ 94.990. Há também uma versão 100% elétrica e esportiva, a e-GT. Já voltamos a ela. 

O maior destaque do novo Peugeot 208 sem dúvida fica no design, tanto externo quanto interno. Sua cabine é agora a mais bela da categoria, com acabamento caprichado, uma grande oferta de equipamentos e a posição de dirigir diferentona. O chamado i-cockpit é visto não por dentro, mas por cima do volante, que tem dimensões reduzidas. E há um teto panorâmico de vidro que dá um bela clareada no ambiente.

Esse painel de instrumentos do Peugeot 208 já existia, mas agora ele ganhou novos recursos: nas versões Allure e Griffe, agora é “3D”, com informações em várias camadas, muito bem organizadas e atraentes aos olhos. Além disso, com o aumento nas dimensões do carro, que agora tem o porte do rival Polo, a cabine ficou mais espaçosa.

História

O Peugeot 208 chegou ao Brasil ainda em 1992, quando se chamava 205. Em 1998, virou 206 e começou a ser feito no Brasil. Foi um modelo de enorme sucesso, que chamava a atenção pelo design e também pela lista de equipamentos, que trazia airbags e ABS em todas as versões, quando não eram ainda obrigatórios. Além disso, tinha uma dirigibilidade muito bem acertada. Depois, quando virou 207, sofreu uma atualização diferente do modelo europeu e não agradou. Agora, volta a ser igual (ou quase) ao modelo europeu.

Mecânica e conteúdo

Motor e câmbio são os mesmos 1.6 da geração anterior do Peugeot 208 (há tempos ele já não muda mais de nome conforme a geração), mas a calibração é bem diferente. Há um novo setup de troca de marchas, e, segundo a marca, os três modos de direção agora são bem mais distintos um do outro.

As listas de equipamentos do novo Peugeot 208 brasileiro não trouxeram todos os itens do modelo europeu que avaliamos há meses, mas é bem generosa, e competitiva diante da concorrência.

A versão topo de linha tem itens como faróis full-LED, alerta de colisão com frenagem automática de emergência (5 a 85 km/h para carros, até 60 km/h para pedestres, assistente ativo de manutenção em faixa, luz alta automática, sistema de leitura de placas de trânsito (registra no painel) e carregador wireless.

Também elétrico

Há ainda, uma nova versão 100% elétrica do novo Peugeot 208, chamada de e-GT, que toma o lugar dos esportivos GT/GTI e o preço não foi divulgado ainda. Com autonomia de 340 km, ele tem 135 cv e 26,5 kgfm de torque para acelera de 0-100 km/h em 8 segundos. As entregas serão a partir do começo do ano que vem. Veja as fotos:

 

VERSÕES E EQUIPAMENTOS – NOVO PEUGEOT 208

Peugeot 208 Active: R$ 74.990

Faróis com detalhes cromados, DRL “Dentes de Sabre” de LED, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, rodas de liga-leve aro 16, grade dianteira com detalhes cromados, capa do retrovisor na cor da carroceria, aerofólio na cor da carroceria, antena de teto, painel instrumentos com matriz LCD, painel com revestimento “Carbon”, ponteiros vermelhos e orientação invertida, acabamento no painel de porta em preto brilhante, volante de diâmetro reduzido, maçanetas internas com acabamento cromado, cromados nos difusores de ar e painel, airbags dianteiros e laterais, freios com ABS e distribuição eletrônica de frenagem, ESP, isofix, cintos de segurança traseiros de 3 pontos para todos, três apoios de
cabeça traseiros com regulagem de altura, trava de segurança para crianças, travamento automático das portas e porta-malas, limpador e desembaçador do para-brisas traseiro, alerta sonoro de não colocação do cinto de segurança do motorista e passageiro, alerta sonoro de portas abertas com o carro em movimento, regulador de velocidade, limitador de velocidade, computador de bordo, chave tipo canivete com comandos de abertura das portas, modos de condução, alarme, abertura e fechamento globais por controle remoto, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores elétricos, volante com ajuste de altura e profundidade, banco traseiro rebatível, auxílio de partida em subidas, ganchos para sacolas no porta-malas, central multimídia de 7″ com Apple Carplay e Android Auto, seis alto-falantes, duas entradas USB.

Peugeot 208 Active Pack: R$ 82.490

Todos os itens do Active, e mais: câmera de ré e teto panorâmico

Peugeot 208 Allure: R$ 89.490

Todos os itens do Active Pack, e mais: apoio de braço para motorista, airbags de cortina, chave presencial com comandos de abertura das portas e porta malas, carregamento de celular por indução, saída de escapamento com ponteira cromada, i-Cockpit® 3D, painel com revestimento Soft Carbon, volante revestido em couro, ar-condicionado automático digital, rodas de liga-leve diamantadas aro 16, bancos em Alcantara

Peugeot 208 Griffe: R$ 94.990

Todos os itens do Active Pack, e mais: alerta de colisão com frenagem de emergência automática, auxílio de farol alto, leitor de placas de velocidade, detector de fadiga, alerta e correção de permanência em faixa, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, sensores de estacionamento traseiros, câmera 180º, faróis full-LED, capa do retrovisor em preto brilhante, aerofólio esportivo preto brilhante

FICHA TÉCNICA

Peugeot 208 Griffe

Motor: quatro cilindros em linha 1.6, 16V, duplo comando variável
Cilindrada: 1587 cm3
Combustível: flex
Potência: 115 cv a 5.750 rpm (g) e 118 cv a 5.750 rpm
Torque: 16,1 kgfm a 4.750 rpm (g) e a 4.000 rpm (e)
Câmbio: automático sequencial, seis marchas
Direção: elétrica
Suspensões: McPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: discos ventilados (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,055 m (c), 1,738 m (l), 1,45 m (a)
Entre-eixos: 2,538 m
Pneus: 195/55 R16
Porta-malas: 265 a 1.163 litros
Tanque: 47 litros
Peso: 1.178 kg
0-100 km/h: 12,6 s (g) e 12 s (e)
Velocidade máxima: 190 km/h
Consumo cidade: 11 km/l (g) e 7,7 km/l (e)*
Consumo estrada: 13,2 km/l (g) e 9,3 km/l (e)*
Nota do Inmetro: B*
Classificação na categoria: n/d

*modelo atual 

 

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar