Novo SUV da Fiat: conheça os primeiros detalhes da plataforma MLA

A plataforma MLA (Modular Architecture) será a base do futuro SUV da Fiat a ser comercializado em nosso mercado. Confira as primeiras informações técnicas

0
242
Plataforma MLA
Foto: Divulgação

Depois das plataformas MP1 (Argo), MPS (Cronos) e MPP (Strada), eis a MLA, que estará no futuro SUV compacto da Fiat. Mostrado na final do BBB21, no início de maio, o modelo ainda sem nome definido (as opções são Domo, Pulse e Tuo) é conhecido na fábrica pelo codinome Progetto 363. De acordo com as primeiras informações do fabricante, a nova arquitetura foi desenvolvida por engenheiros brasileiros e está apta para acomodar os propulsores do Grupo Stellantis, além de outras tecnologias, como a eletrificação.

+ Fiat Mobi 2022 estreia com nova central multimídia
+ Fiat oferece Argo 0 km com pronta entrega e desconto de até R$ 5 mil
+ Teste rápido: Fiat Toro Turbo 2022 é picape sob medida para a cidade
+ Carros da Fiat, Ram e Jeep podem ser pagos em soja; saiba como


Foram aplicados aços de alta resistência possibilitando uma maior segurança e rigidez da carroceria. “Isso permitiu uma menor deformação para dentro do habitáculo em eventuais colisões e aumentou em 25% a absorção de energia”, comenta Marcio Tonani, diretor de desenvolvimento de produto. Outras características da nova plataforma MLA (sigla para Modular Architecture) está no maior conforto acústico e vibracional, assim como um novo conjunto de suspensões.

Aliás, a engenheira aplicada nas suspensões permitiu uma menor rolagem da carroceria e uma maior estabilidade nas situações de mudanças de faixas. Entre os componentes, vieram novos braços oscilantes, barras estabilizadoras, além de molas/amortecedores de acordo com à proposta do SUV. O conjunto frontal do Progetto 363 é a MacPherson, enquanto atrás é do tipo semi-independente.

Ainda segundo a marca, comparado a plataforma MP1, a qual é aplicada no Argo, na MLA a rolagem diminuiu em 12%, ao passo que a vibração transmitida ao volante reduziu em 23% e em 7% na região do trilho dos bancos. Falando nisso, os bancos foram repensados tanto do ponto de vista ergonômico quanto da segurança – o traseiro poderá ser bipartido na ordem de 60/40.

Outra novidade presente no Progetto 363 é o novo ar-condicionado oferecendo uma nova caixa de ar, permitido trocas de calor mais eficientes, enquanto resfria mais rápido a cabine e mantém a temperatura do habitáculo mais estável.

A modularidade da plataforma MLA permitiu ao Progetto 363 oferecer 2,532 m de entre-eixos. Pequena variação em relação aos 2,521 m do Argo. Ela poderá estar presente em futuros carros da Fiat no segmento de compactos. E poderá receber a eletrificação em um futuro próximo. Novas informações sobre o futuro SUV da Fiat vão ser divulgadas na ocasião do lançamento.

Mais na Motor Show

+ Veja qual é o significado dos códigos de erro nos painéis dos Chevrolet
+ Bravo Motor promete fábrica de R$ 25 bilhões para fazer carros elétricos e baterias em MG
+ Briga entre policiais termina com Mercedes SL destruído; veja o vídeo
+ Tembici empresta bicicletas para quem vai se vacinar contra a covid
+ Estepe temporário pede cuidado redobrado na direção; veja como usá-lo corretamente
+ Para isentar motos, governo vai aumentar pedágio de outros motoristas