Novo VW Jetta agora é nacional

A Volkswagen iniciou as vendas do Jetta produzido em São Bernardo do Campo (SP). Fabricado por aqui apenas na versão Comfortline, o sedã será oferecido nas lojas lado a lado dos Jetta Trendline e Highline, que seguem importados da planta de Puebla, no México.

Pacote intermediário da linha, o Comfortline permanece sem alterações em relação aos exemplares mexicanos. Sai de fábrica com ar-condicionado automático Climatic, quatro airbags, sistema de som com tela de 6,5 polegadas, controle de tração, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bancos de couro, controle automático de velocidade e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Já o conjunto mecânico é o mesmo do básico Jetta Trendline: o veterano 2.0 de quatro cilindros e até 120 cv, associado a caixa automática Tiptronic de seis marchas (e opção de trocas manuais por borboletas atrás do volante).

Renovado na linha 2015, o modelo ganhou algumas mudanças estéticas e agora todas as versões estão equipadas com a suspensão traseira do tipo Multilink, antes restrita apenas ao pacote de topo Highline, com o motor 2.0 turbo de 211 cv.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga