O fim da era Montezemolo

Após 23 anos de casa, em 10 de setembro o italiano Luca Di Montezemolo (67 anos) anunciou que deixará a presidência da Ferrari. Sua saída o cial será em 10 de outubro, quando a marca comemora 60 anos nos Estados Unidos, um de seus principais mercados. Um dos motivos para o desligamento seria a insatisfação de Sergio Marchionne com os resultados da escuderia de Fórmula 1, que há seis anos não ganha um título mundial. Pior: a última vitória aconteceu no GP da Espanha, em maio do ano passado. No lugar de Luca Di Montezemolo, assume o próprio Marchionne, CEO mundial da Fiat Chrysler Automobiles.