O que comprar de 20 a 30 mil

0
1176

Comprar um carro planejando não ultrapassar a marca dos R$ 30 mil é uma tarefa que exige bastante atenção. Não existem muitas opções no mercado nacional, mas as poucas ofertas que disputam nesse segmento de entrada atendem a diversos tipos de exigências. Se a intenção for um carro compacto de design atual e bom desempenho, Ka, Clio e Celta são boas opções. Já os consumidores que precisam de um espaço maior, pois costumam levar mais de quatro passageiros e uma quantidade de bagagem considerável, podem escolher entre Classic e Logan, que não esbanjam beleza, mas são os únicos representantes três volumes nesta faixa de preço.

Para ajudar você a fazer a melhor escolha, MOTOR SHOW fez as contas. Quanto sai cada um dos carros mais baratos do País e qual o preço que eles atingem quando se acrescenta ar-condicionado e direção hidráulica, itens que são oferecidos apenas em pacotes que custam por volta de R$ 5 mil. Em muitos casos, os opcionais fazem o preço do modelo fugir do planejado. Exemplo disso é o Logan, que só dispõe desses opcionais a partir da versão Expression (R$ 31.640) e, mesmo assim, dentro de um pacote que eleva o valor do carro para R$ 36.640. Com esse preço, você pode mudar de segmento e optar por carros mais equipados. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de acrescentar opcionais em carros de entrada. Os únicos que não ultrapassaram o limite de R$ 30 mil foram o Fiat Mille e o chinês Effa M-100.


Outro ponto importante é estar ciente das filas de espera, que costumam ser ainda maiores para carros básicos. No caso do Ford Ka 1.0, por exemplo, o cliente pode chegar a esperar três meses. Quem preferir o Clio Campus na versão mais pelada também terá que ter um pouco de paciência.

Renault Logan 1.0 Autenthic R$ 30.340

A versão Autenthic é a mais barata do Logan, por isso a direção hidráulica não é oferecida nem como opcional. Apenas na configuração Expression (R$ 31.640) é que o motorista poderá comprar o kit Expression Pack, que vem com ar-condicionado, direção hidráulica e vidros e travas elétricas com controle remoto. Esse pacote sai por R$ 5 mil e acrescido ao valor da versão Expression eleva o preço do carro para R$ 36.640. Um valor que já foge um pouco do orçamento de quem procura um veículo de entrada. Por outro lado, se você não faz questão da direção hidráulica, este sedã dispõe de muito espaço. Seu entreeixos é maior que o do Corolla e o porta-malas tem capacidade para levar até 510 litros de bagagem.

Ford Ka 2p R$ 26.190

Para dispor de ar e direção no Ka 1.0, o consumidor terá que desembolsar mais R$ 5.300 para adquirir os pacotes de opcionais Base + Kit Fly + Kit Class, que contam com aquecedor, brake ligth, lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, preparação para som, vidros elétricos e limpador do párabrisa com temporizador. Com este conjunto o preço do carro vai a R$ 31.490. O Ka básico é uma boa opção de compra dentro de seu segmento, e traz de série, em todas as versões, travamento automático das portas a partir de 15 km/h e controle remoto para abertura e fechamento manual, mas o consumidor corre o risco de ter que esperar o carro por até três meses, por conta da fila de espera.

Renault Clio Campus 1.0 16V 2p R$ 26.890

O pacote que oferece ar e direção é o Pack Conforto, que também conta com apoios de cabeça com regulagem de altura, brake light, desembaçador do vidro traseiro, limpador traseiro, pré-disposição para rádio, vidros elétricos dianteiros, contagiros, travas elétricas nas portas e no porta-malas com comando a distância por radiofreqüência. O valor do kit é R$ 5.800, o que eleva o preço do carro para R$ 31.890. Com a chegada do Sandero, o Clio teve seu valor reposicionado para não criar uma concorrência dentro da linha Renault. Se a idéia for comprar um carro 1.0, o Clio acaba sendo uma melhor opção do que seu irmão mais velho. Mas em algumas concessionárias o consumidor pode esperar até 30 dias.

Chevrolet Classic Life 4p R$ 27.011

Para equipar o Classic com ar-condicionado e direção hidráulica o consumidor terá que optar pela versão Spirit (R$ 29.243), já que a Life, de entrada, não possui esses equipamentos nem mesmo como opcional. Já o modelo mais caro oferece um pacote de opcionais formado por ar-condicionado, direção hidráulica, retrovisor com controle manual interno, contagiros, temporizador do limpador e desembaçador do vidro traseiro, mas o valor do sedã sobe para R$ 32.761, já que só de opcionais o consumidor gastará R$ 3.518. O Classic é o grande responsável pelo alto valor de vendas da gama Corsa Sedan. Apesar da idade, ainda tem um grande diferencial a seu favor: é o sedã mais barato do Brasil.

EFFA M-100 R$ 22.980

O principal atrativo deste chinês é o preço. Por R$ 22.980, é o carro mais barato do Brasil e seu design “exótico” chama a atenção. Disponível em uma única versão com quatro portas e uma lista de itens de série bastante interessante, que conta com ar-condicionado, CD Player e travas e vidros elétricos, o compacto recém-chegado ao mercado brasileiro já apresenta ótimos números de vendas. Em seu primeiro mês de comercialização, foram 49 unidades vendidas de um total de 63 trazidas ao País. Mas apesar de oferecer uma boa lista de equipamentos, por um preço bastante baixo, o M-100 não possui nenhum opcional e deixa a desejar na dirigibilidade, no conforto e na qualidade do acabamento.

Fiat Mille Fire Flex 1.0 2p R$ 23.690

O Mille 2009 mudou (confira avaliação nesta edição), mas, até o fechamento desta reportagem, seus novos preços não tinham sido divulgados. De qualquer forma, para efeito de cálculos, utilizamos o modelo 2008, ainda à venda. Para ter ar e direção, só adquirindo o kit Celebration, que também oferece vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, vidro traseiro térmico, retrovisores externos com comando interno mecânico, limpador/lavador do vidro traseiro, apoios de cabeça no banco traseiro, alto-falantes e antena por R$ 5.330. Com ótimo custo/benefício, seu preço é um dos mais competitivos do segmento. Econômico, ágil e espaçoso, ele ainda atende muito bem a sua proposta de carro de entrada.

Chevrolet Celta Life 2p R$ 26.759

Nas configurações mais baratas, Life e Spirit do Celta, não há nenhum pacote de opcionais que concilie direção hidráulica e ar-condicionado. Apenas na Super é possível equipar o carro com esses dois itens. Isso é feito através de um pacote, que, além de oferecer os dois opcionais, ainda traz vidros verdes, retrovisores externos com controle manual interno, contagiros, pára-choques pintados na cor do veículo, temporizador do limpador de pára-brisa, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro e acabamentos do painel na cor prata. Mas esse conjunto não tem um preço nada convidativo, saindo por R$ 4.962. Na versão Super, o modelo duas portas custa R$ 28.876 e o quatro portas sai por R$ 30.470.

Volkswagen Gol 2p R$ 27.120

A VW continua vendendo o Gol G4 ao preço que vinha praticando antes do lançamento do NF: R$ 27.120 e R$ 28.890 (duas e quatro portas). Mas, na apresentação da nova geração do modelo, a informação dada à imprensa foi que o Gol G4 teria seu preço equiparado ao do Mille (R$ 23.690). Enquanto isso não acontece, levamos em conta a atual tabela da marca. Quando é adicionado o Kit 20 anos V (R$ 4.870), composto por direção, travamento central, vidro elétrico e ar, o carro sai por R$ 31.990, na versão duas portas. Por isso, comprar um Gol G4 agora pode não ser bom negócio. Vale a pena esperar o novo carro “a preço de Mille” que terá algumas alterações de acabamento, mas será uma melhor opção.

SHARE
Artigo anteriorSerra da Bocaina
Próximo artigoAgora, um legítimo fiat