Os carros mais baratos: analisando as pechinchas de cada segmento

"Busquei no mercado as pechinchas que mais chamaram a minha atenção. Confira preços e alguns equipamentos de cada modelo"

Neste final de ano, quando mais dinheiro volta a circular, nosso mercado de carros novos reinicia um bom ciclo de vendas. E o consumidor, ainda atônito com tudo o que a economia sofreu nos últimos três anos, está em dúvida: agora é o momento de comprar o automóvel dos meus sonhos, ou de buscar os carros mais baratos que atendam às minhas necessidades?

Para aqueles mais inclinados à última opção, busquei no mercado as pechinchas que mais chamaram a minha atenção. Pesquisei desde o carro mais simples e barato, até uma bela e vistosa picape cabine dupla, passando por sedã compacto, hatch compacto, picape pequena, SUV médio e sedã médio. Confira preços e alguns equipamentos de cada modelo:

Chery QQ Smile: o mais barato dos baratos
Chery QQ (Foto: Divulgação)

Montado no interior do estado de São Paulo, o Chery QQ (confira aqui a avaliação) já tem parte de seus componentes nacionalizados. Equipado com um motor 1.0 tricilíndrico flex, que produz 75 cv (etanol), tem como principal destaque seu atraente preço de R$26,690. Com 3,56m de comprimento, tem o seu Calcanhar de Aquiles na contida capacidade do porta-malas: 160 litros. Um típico carro urbano, que pode servir a um casal em pequenas viagens. Na versão de entrada, chamada de Smile, oferece como principais equipamentos o Rádio AM\FM, vidros dianteiros elétricos, abertura interna do porta-malas e painel digital com computador de bordo. Ficam de fora alguns itens básicos, como ar-condicionado ou limpador e desembaçador do vidro traseiro, que estão disponíveis nas versões um pouco mais caras. A Chery oferece 3 anos de garantia.

Lifan 530: o sedã compacto mais acessível
Roberto Assunção

Medindo 4,30 m de comprimento e com uma distância entre-eixos de 2,55 m, o Lifan 530 tem dimensões generosas, que se refletem no seu espaço interno e no bom tamanho do seu porta-malas, de 475 litros. Com design que não perde para seus concorrentes, o 530 é equipado com um motor 1.5 de 103cv e câmbio manual de 5 marchas. Montado no Uruguai, esse sedã surpreende pelo que oferece de equipamentos e seu atraente preço: R$37,990. De série, conta com freio a disco nas quatro rodas, direção elétrica, ar-condicionado, travas, retrovisores e vidros elétricos nas quatro portas, CD Player com MP3, Isofix, sensor de ré, computador de bordo e rodas de liga leve 15”. Além disso, a montadora oferece uma boa garantia de 5 anos. Seus concorrentes, equipados com os mesmos itens, são, no mínimo, R$ 10 mil mais caros.

Chevrolet Onix Joy: o melhor preço dos hatches compactos
Roberto Assunção

A sabedoria popular dificilmente erra: não é à toa que o Chevrolet Onix é, de longe, o carro mais vendido do mercado nacional. A Chevrolet oferece o melhor preço de entrada entre os hatches compactos, os carros mais comercializados em nosso mercado. Por R$ 41,990 é possível adquirir um Onix Joy 2018. De série, o Onix Joy (confira aqui a avaliação) conta com ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros elétricos, alarme, monitoramento de pressão dos pneus, desembaçador e limpador do vidro traseiro, indicador de troca de marchas e travas elétricas. Na mecânica, o Onix Joy usa um motor 1.0 4 cilindros que produz 80 cv (etanol) e um câmbio manual de 6 marchas. A Chevrolet oferece garantia de 3 anos. É bom lembrar que a versão Joy ainda tem o mesmo design do modelo lançado em 2012. Onix reestilizado, só a partir da versão LT, que é mais cara.

VW Saveiro Robust: o preço mais atraente dentre as picapinhas
Divulgação

A Saveiro (confira aqui a avaliação com a versão esportivada Pepper) é um desses carros que não tem muito à se dizer: Lançada em 1982, já passou por inúmeras reestilizações e reformulações. Um carro absolutamente maduro e confiável, qualidades que se refletem na estabilização do seu preço no mercado, causando pouca desvalorização, fácil manutenção e proporcionando uma revenda rápida. A versão Robust, mais indicada para o trabalho, é oferecida pela Volkswagen ao mercado a partir de R$47,490. Com poucos itens de série, ela vem apenas com rodas aro 15 com calotas, preparação para som e freio a disco nas quatro rodas. Tem uma capacidade de carga de 620 kg, o que atende às necessidades de um pequeno negócio. Equipada com um motor 1.6 de 104cv, é econômica e tem um bom desempenho, mesmo quando carregada. A melhor opção no seu segmento quando o assunto é preço.

Lifan X60 Talent: o SUV médio mais em conta
Rafael Munhoz/Divulgação

Quando examinamos o que a Lifan oferece em seu SUV médio X60 (confira aqui a avaliação), e observamos o preço de R$59.990 (na promoção oferecida no site da marca), ficamos surpresos! O carro, do mesmo porte de um Tucson de primeira geração, vem equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e retrovisores elétricos, bancos forrados em couro sintético, central multimídia com câmera de ré, Isofix, sensor de ré, acendimento automático dos faróis e rodas de liga leve aro 17. Na mecânica, o X60 possui um motor 1.8 16V de 128cv (gasolina) e câmbio manual de 5 marchas. Mas esse carro tem seus pênaltis: ele ainda é modelo 2016 e o design já sofreu uma mudança na linha 2018. E isso vai se refletir no momento da revenda, pois você estará vendendo um carro 2016, mesmo que tenha sido adquirido em 2017. Na versão 2017/2018 desse mesmo carro, o preço já sobe para R$67,990. É preciso saber se você não recupera o dinheiro da versão mais atual no momento da revenda. Para quem não liga para isso, aproveite o baixo preço do modelo 2016.

Mitsubishi Lancer HL e Kia Cerato: os Sedans Médios que Brigam Pelo Menor Preço
Divulgação

O Kia Cerato é importado da Coreia, enquanto o Mitsubishi Lancer é montado no Brasil com um bom índice de nacionalização. Ambos são oferecidos a partir de R$ 79,990 e, até mesmo por causa do posicionamento deles no mercado, vêm bem equipados. O Cerato é oferecido com motor 1.6 flex de 128 cv e câmbio automático de 6 marchas. Como equipamento, o Cerato oferece ar-condicionado digital de duas zonas, acendimento automático dos faróis, volante multifuncional com paddle shift, rádio com CD Player e MP3, piloto automático, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, Isofix, luz diurna de LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e rodas de liga leve aro 16. Mas o Cerato decepciona no tamanho do porta-malas, que poderia ser maior para o tamanho do carro: Apenas 421 litros.

Divulgação

Pelos mesmos R$ 79,990, podemos optar pelo Lancer HL. Equipado com motor 2.0 de 160cv (gasolina) e um bom câmbio automático CVT, ele também não decepciona na lista de itens de série: central multimídia completa, volante multifuncional com paddle shift, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e retrovisores elétricos, piloto automático e rodas de liga leve aro 16. Seu porta-malas também deixa a desejar: apenas 430 litros, uma capacidade bem contida para um carro desse porte.

Mitsubishi L200 Triton Outdoor Flex: a picape cabine dupla com o melhor preço
Divulgação

Se você sonha com aquela picapona equipada com motor turbodiesel e câmbio automático de muitas marchas, esqueça a L200 que escolhi. Ela foi selecionada pelo seu atraente preço, de R$ 91,990. Uma pechincha quando falamos em picape média de cabine dupla. Ela vem equipada com um motor 2.4 flex de 4 cilindros, que desenvolve moderados 142cv e um câmbio manual de 5 marchas. Desempenho não é seu forte, pois ele é apenas suficiente, e o visual é o da geração antiga. Como equipamento, vem com ar-condicionado, direção hidráulica, travas, vidros e retrovisores elétricos, rádio AM\FM com CD Player com MP3 e rodas de liga leve aro 16. Sua capacidade de carga é de 860 kg. E, é claro que, carregada e com um motor de 142cv empurrando, seu desempenho é bastante limitado. Mas, se o objetivo é transportar miudezas na caçamba e pessoas, o motorzinho de 4 cilindros flex dá bem conta do recado. E pelo preço então…

PESANDO OS PRÓS E CONTRAS

Mas é sempre bom lembrar que, nem sempre o carro mais barato é o melhor negócio. Fabricantes ou importadores podem gerar problemas futuros no pós-venda. Pode parecer um comentário óbvio, mas se você escolher um dos carros mais baratos dessa lista, procure na internet a palavra de proprietários ou a opinião de especialistas sobre o produto que você escolheu.

Outro ponto a ser considerado é a desvalorização do veículo. Você pode comprar por uma pechincha, mas, na hora da revenda, com uma desvalorização alta, você acaba perdendo dinheiro. Fique atento. Algumas vezes, é preferível pagar um pouco mais e adquirir um carro de melhor qualidade e menor desvalorização.