Papel coadjuvante, negócio interessante

O GLA é a estrela do momento, o crossover/ SUV jovem e “barato” da Mercedes-Benz, que será fabricado no Brasil em 2016 para incomodar as versões topo de modelos como Honda CR-V, Toyota RAV4 e Kia Sportage. E a chegada do GLA signica que os consumidores vão olhar menos ainda para esse GLK, seu irmão um pouquinho maior. De seu papel de coadjuvante, passará a  gurante. O que é bastante injusto. 

Tudo bem, temos de reconhecer que o design tipo botinha ortopédica, inspirado nos Mercedes Classe G e GL, não é muito atraente. E também que o capô longo para acomodar o motor longitudinal não contribui para o espaço interno, menor do que parece olhando de fora. Mas, por outro lado, em muitos pontos esse GLK é superior ao GLA.

Então, se você vai gastar R$ 150.000 na novidade ou esperar até o ano que vem para investir quase R$ 200.000 no GLA 250, topo de linha, saiba que, por R$ 190.900, você leva um GLK 220 CDI. E o que você ganha com isso? Para começo de conversa, um belo motor a diesel 2.2 biturbo. Ele é ruidoso, mas não falta conforto a bordo, graças ao ótimo isolamento acústico da cabine. Seus 170 cv não surpreendem, mas o baixo consumo proporciona autonomia generosa e o torque de mais de 40 kgfm garante uma valentia no off-road que não se vê no GLA – até porque o GLA 200 tem tração dianteira, contra a integral 4Matic desse GLK (ambos vêm com pacote off-road e simulam reduzida ao apertar um botão no painel). Além disso, o GLK tem embreagem multidisco no diferencial central, com sistemas de bloqueio eletrônico, e auxílio em descidas. 

A lista de equipamentos é generosa, ainda mais nessa versão avaliada, que tem o sobrenome Sport por ser mais equipada, e é vendida hoje por R$ 222.900. Na versão de entrada, você terá de abrir mão de alguns itens, como as rodas aro 19, os bancos com ajuste elétrico, o sistema de estacionamento automático, os faróis inteligentes bixenônio e a navegação por GPS. Mas ainda terá um carro
mais valente e robusto que o GLA. Já que o irmão menor deve vender como pãozinho quente, o GLK preservará sua aura de exclusividade.

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar