Paris deve abrir exceção para clássicos em lei contra poluição veicular

0
65

Depois da repercussão negativa entre os amantes de carros da decisão da prefeitura de Paris de banir os veículos produzidos antes de 2011, a administração municipal deve abrir uma exceção para os automóveis clássicos, aqueles produzidos há mais de 30 anos.

A informação é da Federação Francesa de Veículos de Época, braço francês da Federação Internacional de Veículos Antigos (FIVA). Em comunicado,  a entidade afirma que embora o texto da lei não faça menção à liberação de uso dos carros antigos nas ruas da capital francesa, a prefeita da cidade, Anne Hidalgo, teria afirmado em entrevista a uma rádio francesa que os colecionadores não serão afetados pela nova legislação.


Nas regras que entram em vigor a partir de julho do próximo ano, nenhum carro produzido antes de 1997 ou motocicleta anterior a 2000 poderá circular pelas ruas de Paris. A legislação prevê um endurecimento progressivo das restrições até 2020, quando haverá a proibição total a veículos fabricados antes de 2011.

Será que agora os Renault Dauphine e Citroën 2CV poderão respirar aliviados?