Peugeot e-208 GT estreia em nosso mercado por R$ 244.990

O totalmente elétrico Peugeot e-208 GT está entre nós oferecendo uma propulsão livre de ruídos e de emissões pelo valor de R$ 244.990; confira

0
19
novo Peugeot 208
Foto: Divulgação

A Peugeot apresentou hoje (28) o aguardado e-208 GT. Variante totalmente elétrica do compacto, ele desembarca em nosso mercado por R$ 244.990 para incomodar os também eco-friendly Mini Cooper S E (a partir de R$ 239.990 ), Fiat 500e (R$ 239.990) e Renault Zoe E-Tech (iniciais R$ 204.990).

Construído sobre a plataforma e-CMP (sigla para Common Modular Platform) e mantendo o design cheio de estilo do modelo a combustão, o exterior do Peugeot e-208 GT se diferencia dos “irmãos” pelas rodas exclusivas e a lanterna de LED. Na ponta da fita métrica, o lançamento mede 4,060 m de comprimento, 1,750 m de largura, 1,430 m de altura e 2,540 m de entre-eixos.


O interior se destaca pelos acabamentos e a adoção de novos itens a exemplo dos assistentes de condução, o freio de estacionamento elétrico e o carregador de smartphone por indução. O modelo à venda no Brasil não muda para o carro comercializado nos mercados estrangeiros.

+ Avaliação: Peugeot 208 Active Pack agrada, mesmo sem turbo
+ Avaliação: novo Peugeot 208 e a questão das prioridades
+ Teste rápido: sem motor turbo, novo Peugeot 208 conquista pela cabine
+ Avaliação: novo Peugeot 208 vai abalar o mercado

A propulsão livre de ruídos e de emissões é mérito do motor de 136 cv e 26,5 kgfm de torque disponíveis de maneira instantânea permitindo acelerar da imobilidade aos 100 km/h em breves 8,3 segundos e cravar 150 km/h de velocidade máxima.

O Peugeot e-208 GT pesa 1.455 kg, enquanto a versão topo de linha Griffe (a partir de R$ 103.490) possui 1.252 kg, para comparar. Esta última, equipada com um bloco de quatro cilindros 1.6 16V naturalmente aspirado casado ao câmbio automático de seis marchas para produzir até 118 cv de potência e 15,5 kgfm, quando abastecido com etanol.

A energia do Peugeot e-208 GT fica armazenada no conjunto de baterias com capacidade de 50 kWh instalado no assoalho do veículo, que contribuiu no baixo centro de gravidade permitindo ao veículo um melhor equilíbrio nas curvas.

Estão disponíveis os modos de condução Eco, Normal e Sport, além de também oferecer o B Mode, o qual aumenta a ação do freio regenerativo permitindo dirigir o Peugeot e-208 GT somente com o pedal do acelerador.

De acordo com o fabricante, o alcance máximo é de até 340 km (ciclo WLTP) e na hora de abastecer o Peugeot e-208 GT são necessárias 24 horas e 56 minutos (tomadas domésticas), quatro horas plugado em estações de 22 kW ou 30 minutos para obter 80% de carga graças à capacidade do carro de aceitar até 100 kW.

Os 20 primeiros consumidores que comprarem o e-208 GT recebem o Wallbox da WEG para realizar o carregamento. E ainda segundo a Peugeot, outro lançamento para 2021 é a chegada do utilitário e-Expert, porém, maiores informações vão ser divulgadas próximas ao lançamento.


MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Mini Cooper completa 60 anos; Conheça a história do modelo
+ Brabus deixa Mercedes-Benz GLE 63 S Coupé com 900 cv; Assista
+ Atropelamento a 30km/h é como cair do 2º andar de prédio, diz especialista
+ Arte e BMW: M440i Coupé é transformado em NFT; Assista
+ Kombi motorhome: conheça a empresa que customiza o modelo
+ Avaliação: Jeep Compass Longitude TD350 4×4 é SUV para aventuras longe do shopping
+ Conheça o primeiro motorhome sustentado por energia solar
+ Mercedes e Stellantis se juntam no mercado de baterias para veículos elétricos
+ Lewis Hamilton atropela mecânico em treino da F1; Assista
+ Detran-SP anula 127 mil processos de suspensão de dirigir por excesso de pontos; Saiba como funciona o novo CTB