Policia fecha fábrica de Lamborghini e Ferrari em SC

Réplicas não autorizadas eram vendidas por valores entre R$ 180 mil e R$ 250 mil

Divulgação/Polícia Civil de Santa Catarina

A Polícia Civil de Santa Catarina fechou na cidade de Itajaí uma oficina que fabricava artesanalmente réplicas não autorizadas de esportivos da Ferrari e da Lamborghini. A polícia chegou ao local após denúncia feita pelos representantes das duas marcas italianas.

No local, além de carrocerias prontas, foram apreendidos moldes, ferramentas e material para a produção dos veículos. Segundo a polícia, os carros eram montados sob encomenda e vendidos em todo o País, por meio de anúncios nas redes sociais e por valores entre R$ 180 mil e R$ 250 mil. O caso foi registrado na segunda-feira (15). Os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial.

Em fevereiro deste ano, em São Bernardo do Campo (SP), a polícia já havia fechado uma fábrica que produzia réplicas de carros das duas marcas (confira aqui).

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel