Porsche 718 Boxster chega ao Brasil a partir de R$ 368 mil


A Porsche passa a comercializar no Brasil a nova geração do esportivo Boxster. Lançado na última edição do Salão de Genebra, em janeiro, o modelo foi rebatizado (agora é conhecido como 718 Boxster) e chega em duas versões (Boxster e Boxster S), com preços que partem de R$ 368 mil.

Com novo acerto de chassi, suspensão e freios melhorados, o modelo se destaca principalmente pelos novos motores turbo de quatro cilindros. O Boxster sai de fábrica com um motor 2.0 de 300 cv, enquanto no Boxster S o propulsor desloca 2,5 litros e desenvolve 350 cv. Segundo o fabricante, em relação à geração anterior, o ganhou de potência foi de 35%, mas com economia de até 13% de combustível.

Na carroceria, novidade são os novos faróis bixenônio na dianteira com opção de luzes de LED, mesmo sistema empregado nas lanternas traseiras de novo desenho. Nas laterais, novas entradas de ar, retrovisores e maçanetas redesenhadas.

O Boxster sai de fábrica com rodas de liga de 19 polegadas, bancos com duas vias de ajuste elétrico, sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, retrovisores eletrocrômicos ar-condicionado de duas zonas, sistema multimídia com navegador GPS e os faróis bixenônio com luzes de LED.

Além do motor mais potente, o Boxster S acrescenta faróis bixenônio com sistema de luzes dinâmicas PDLS, sensor de estacionamento dianteiro e os bancos com 14 opções de ajustes elétricos. O preço? R$ 466 mil.

O Boxster acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge os 275 km/h de máxima. Já o Boxster S vai até os 100 km/h em 4,4 segundos e chega a 285 km/h.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel