Porsche 911 de 8ª geração chega ao Brasil por R$ 679 mil

Modelo estreia nas lojas brasileiras no começo do 2º semestre

Divulgação

A oitava geração do Porsche 911, um dos carros mais emblemáticos da marca, acaba de ser apresentada ao Brasil. Em evento para clientes e convidados VIP no interior de São Paulo, a empresa alemã começa a mostrar a chamada geração 992, que já está disponível para configuração no site e estreia nas lojas no começo do 2º semestre.

Com preços próximos aos que eram cobrados pela geração atual, conhecida como 991, o novo 911 traz como maior diferencial mecânico uma nova caixa de câmbio automatizada de dupla embreagem (PDK), que tem 8 marchas — a anterior era de 7 velocidades.

Confira os valores:
  • Porsche 911 Carrera S 2020: R$ 679 mil
  • Porsche 911 4S 2020: R$ 719 mil
  • Porsche 911 Carrera S Cabriolet: R$ 729 mil
  • Porsche 911 4S Cabriolet: R$ 769 mil

O motor é o mesmo, porém com turbos recalibrados e agora simétricos, resultando em aumento de potência, de 420 para 450 cv, e de torque, de 50,98 kgfm para 54 kgfm. Isso resulta em em 0,4s de vantagem no 0-100 km/h (antes 3,9s, agora 3,5s) e velocidade máxima de 308 km/h — contra 306 km/h do anterior.

O que muda?
Divulgação

Visualmente, na frente, é possível notar o novo capô, o farol que agora é todo em LED (e tem quatro pontos como luz de posição), novo desenho de para-choques e as entradas de ar, que também mudaram. Atrás, as mudanças são maiores: a lanterna agora segue o novo padrão de DNA da Porsche, assim como em Cayenne, Macan e Panamera, e são contínuas, indo de lado a lado. E a parte de baixo da carroceria é inteiriça e retilínea, posicionando o espaço para a placa um pouco mais para baixo.

Por dentro, há um novo padrão estético, mais horizontalizado, com desenho e peças já vistas em Macan e Panamera. Mas muita coisa é inspirada na segunda geração do 911 e segue o tradicionalismo, como a chave de ignição do lado esquerdo e o cluster com 5 mostradores, além da posição de dirigir bem esportiva.

Só que estamos em 2020 e o 911 precisava se render à tecnologia. Configuração totalmente digital, câmera de ré, assistência elétrica de direção e tela central tátil com conexão via Apple Carplay são alguns exemplos de itens eletrônicos incorporados, ainda que recursos como direção semi-autônoma, já vistos em outros carros da marca, ainda não apareçam nessa geração.

Quer saber como ele anda? Confira aqui a nossa avaliação e saiba tudo sobre o comportamento do 911 na pista.