Porsche lança Panamera 4 E-Hybrid no Brasil

Versão híbrida do sedã esportivo chega ao mercado brasileiro a partir de R$ 529.000

0
4784
Porsche Panamera 4 E-Hybrid (Foto: Divulgação)

A Porsche passa a oferecer no mercado brasileiro o Panamera 4 E-Hybrid, a versão híbrida do sedã da marca, que chega por aqui com preços que partem de R$ 529.000.

O Panamera 4 E-Hybrid está equipado com dois motores: um elétrico de 136 cv e um 2.9 V6 biturbo a gasolina, que juntos entregam a potência combinada de 462 cv e torque de 71,4 kgfm entre 1.100 e 4.500 rpm. Equipado com tração integral e o câmbio automatizado PDK de oito marchas e dupla embreagem, o E-Hybrid acelera de 0-100 km/h em 4,6 segundos e atinge os 278 km/h de velocidade máxima. Há ainda o Panamera S Turbo E-Hybrid, variação que é une o mesmo motor elétrico a um 4.0 V8 a gasolina para desenvolver a potência total de 550 cv. Com este conjunto, o híbrido acelera de 0-100 km/h em 3,4 segundos e atinge os 310 km/h de máxima.

Porsche Panamera 4 E-Hybrid (Foto: Divulgação)

Híbrido do tipo plug-in, o Panamera pode carregar as suas baterias nas desacelerações e frenagens e também na tomada elétrica. Numa tomada doméstica de 220V e 20 ampères, o tempo de recarga varia entre quatro e oito horas (com o carregador de 3.6 kWh) ou duas horas (com o carregador opcional de 7,2 kWh, que exige o uso de um tomada industrial de cinco pinos). É possível guiar o E-Hybrid somente com o motor elétrico, que tem autonomia de até 50 km e pode levar o sedã esportivo até os 140 km/h. Um dos diferenciais do Porsche para outros híbridos é o equipamento que permite climatizar a cabine durante a recarga das baterias.


Versões e preços

O Panamera 4 E-Hybrid será oferecido em três configurações diferentes: E-Hybrid (R$ 529.000) E-Hybrid Sport Turismo (R$ 542.000), E-Hybrid Executive (R$ 554.000). Para o Panamera Turbo as configurações disponíveis são a E-Hybrid (R$ 1,212 milhão), E-Hybrid Sport Turismo (R$ 1,233 milhão), E-Hybrid Executive (R$ 1,242 milhão).