Preço da gasolina é o menor em dois anos

O estudo da Ticket Log avaliou a primeira quinzena do mês de maio. A gasolina teve preço médio nacional de R$ 3,985, enquanto o etanol de R$ 3,201

O preço da gasolina apresentou o menor valor médio dos últimos dois anos na primeira quinzena de maio/2020. Segundo o levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o litro do combustível foi vendido a R$ 3,985 – menor preço registrado no Brasil desde agosto de 2017 – à época, de R$ 3,896.

Não só a gasolina revelou um recuo, como o do etanol foi de 7,24% nas bombas e comercializado por R$ 3,201.

A Região Sul teve o menor valor médio para a gasolina, R$ 3,727, contra 4,092 da Região Norte. O levantamento também mostra, que por lá também estão os Estados, com o menor e o maior preço médio em todo o Brasil: Amapá (R$ 3,343) e Pará (R$ 4,430), na ordem.

No Nordeste, a retração da gasolina foi a maior entre as regiões brasileiras, com baixa de 6,79% frente ao fechamento de abril/2020.

Foto: Divulgação

A redução na Região Sudeste foi de 5,63% (gasolina), de 6,15% (etanol), de 7,18% (diesel) e de 2,41% (gás natural). Aliás, o Estado de São Paulo apresentou o menor preço do litro do etanol (R$ 2,384). Ou seja, 8% menor comparado a abril deste ano.

A Região Centro-Oeste comercializou o etanol a R$ 2,841 – 21% a menos, quando comparado ao preço médio da Região Norte (R$ 3,581). O estudo ainda mostrou, que o GNV é 4% mais em conta no Sudeste do que no Norte. As médias são de R$ 3,165 e R$ 3,302, respectivamente.

Diesel recua pelo quarto mês consecutivo
A primeira quinzena de maio também foi de baixa para o diesel. O combustível encerrou o período, com média de R$ 3,244 (retração de 7,34%) – em abril, vendido por R$ 3,501. Desta forma, é o menor preço médio desde 2017, quando registrou, em janeiro, a média mais próxima desse valor: R$ 3,247.

Foto: Shutterstock

O diesel na Região Sul sofreu um recuo de 8,34% e vendido por R$ 2,846, ante os R$ 3,537 da Região Norte. Uma diferença de 20% entre as duas regiões. O Sudeste apresentou o segundo menor valor médio para o litro: R$ 3,090 (baixa de 7,18%).

Nas demais regiões brasileiras, o diesel teve uma variação em torno de 7%. O Mato Grosso registrou uma baixa de 10%, com o litro vendido a R$ 3,301, ante R$ 3,664, em abril. Já o Acre lidera o ranking do litro mais caro, comercializado a R$ 4,032, ante os R$ 2,733 dos postos do Paraná. Já o diesel do tipo S-10 recuou 7,18% nos postos de todo o País, comercializado a R$ 3,282.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar