Primeiro carro pensado para as mulheres foi lançado há 100 anos

Modelo 5CV criado por Andre Citroën foi apresentado no Salão de Paris de 1922

0
105
Foto: Divulgação

Apresentado no Salão Automóvel de Paris de 1922, há exatos 100 anos, a Citroën lançou no mercado o seu “petit citron”, o Citroën 5CV. Ele se tornou o primeiro automóvel concebido para as mulheres, criado pelo próprio fundador da marca, André Citroën, quem o mundo considerava um grande visionário, pelas várias inovações realizadas.

Os carros criados até então não tinham direção hidráulica ou servo freio, eram pesados e seus motores exigiam que o motorista estivesse atento para regular manualmente diversos pontos, como a mistura de combustível e até a pressão no tanque de combustível. Isso significava que os carros eram destinados quase que exclusivamente ao público masculino, pois conduzi-los exigia muito esforço físico e, além disso, era uma tarefa que somente motoristas profissionais poderiam realizar. E naquela época os motoristas profissionais eram todos homens.

+ Conheça o Citroën 2CV, o carro que resistiu à Segunda Guerra Mundial
+ Citroën C4 Cactus recebe desconto; versão X-Series sai por R$ 102.990
+ Avaliação Citroën AMI: elétrico cotado para o Brasil não precisa de CNH
+ Citroën C3 é o primeiro dos 3 novos modelos que serão produzidos no RJ


André Citroën sempre pensou em dar um passo além e enquanto outras marcas criavam carros caros e exclusivos para homens, ele criava carros para outros públicos: mais acessíveis e mais versáteis para jovens e mulheres que até então nunca tiveram a possibilidade de ter o seu próprio carro.
Inovadora também na comunicação, a campanha publicitária do Citroën 5CV deu às mulheres um enorme destaque, mais até do que ao próprio carro. Seu objetivo era que elas se sentissem à vontade para dirigir e incentivadas a ter o modelo.

O Citroën 5CV foi o primeiro carro popular produzido em grande escala na Europa e foi apresentado em cores muito vivas e alegres. Quase todas as primeiras unidades tinham sua carroceria pintadas na cor amarela com os para-lamas pintados de preto. Essa cor amarela, o seu tamanho e o formato da traseira do modelo fizeram com ele logo fosse conhecido como “Petit Citron” (“Pequeno Limão” em português, também brincando com o nome da marca).

MAIS NA MOTOR SHOW: