Primeiro Chevrolet Corvette Stingray C8 2020 é arrematado por US$ 3 mi

Unidade de número 001 foi arrematada por Rick Hendrick e o dinheiro será doado para instituição beneficente

0
47
Chevrolet apresenta o Corvette Stingray C8 2020 arrematado por US$ 3 mi. Foto: Dan MacMedan/Chevrolet

O primeiro Chevrolet Corvette Stingray C8 2020 foi arrematado por US$ 3 milhões. O novo proprietário é Rick Hendrick, colecionador de carros e dono da equipe Hendrick Motorsports da NASCAR (a Stock Car americana) . A unidade de chassis número 001 ainda não foi construída e o exemplar na cor Torch Red Corvette apareceu apenas para fins de exibição, que ainda contou com a presença da chefe executiva da GM, Mary Barra.

+ Raro Chevrolet Corvette Coupé custa mais que um Bugatti Chiron
+ Chevrolet Corvette roubado é encontrado após 38 anos
+ Edição especial do BMW M5 atinge US$ 700.000

Hendrick é um colecionador de gosto peculiar. Ele gosta de comprar os primeiros exemplares de carros novos e, entre os modelos, possui o Ford GT Heritage Edition 2019, o primeiro Chevrolet Camaro ZL1 1LE 2018, o primeiro Acura NSX 2017, o primeiro C7 Corvette Stingray, além dos primeiros Corvettes C7 Z06 e C7 ZR1.

Todo o dinheiro arrecado no leilão da Barrett-Jackson foi destinado ao Detroit Children’s Fund, que busca melhorar a educação em Detroit, nos Estados Unidos.

A primeira unidade do Chevrolet Corvette C8 sairá da linha de montagem, entre os itens, equipada com o pacote Z51, que inclui os bancos esportivos GT2.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel