Qual é o carro mais vendido da história?*

De clássicos do nascimento da indústria automotiva até modelos que ainda estão em linha. De títulos absolutos a vitórias em categorias, sem descuidar dos modelos que usam combustíveis alternativos, prontos para subir no ranking

Foi-se o tempo em que um milhão de unidades vendidas eram suficientes para colocar um carro no topo do ranking dos mais vendidos. O primeiro a quebrar essa barreira foi o Ford Model T, graças à ideia revolucionária da linha de montagem – que permitiu levar a produção de 11 exemplares no primeiro mês para 12.000 no primeiro ano. O modelo, que Henry Ford só queria em preto para acelerar a montagem, quebrou muitos outros recordes até encerrar sua carreira com mais de 15 milhões de vendas.

Demorou para baterem o recorde e chegarem à próxima marca, 20 milhões. Quem chegou lá, em 1981, foi Das Auto por excelência, o Volkswagen Beetle, ou Fusca – e graças também à fábrica brasileira, que continuou a montá-lo depois que foi aposentado na Alemanha. E não podemos deixar de falar do best-seller atual, que vem do Oriente. Do Japão, de fato, chegam o Toyota Corolla e muitos outros modelos mais vendidos em suas categorias. Resta esperar pelos chineses…

O BEST-SELLER
46.000.000


50 anos após seu lançamento, o Toyota Corolla totalizou 44,1 milhões de unidades vendidas. No final de 2018, beirava os 46 milhões. A conta inclui todas as versões com este nome, mas não o Auris (hatch).

O HÍBRIDO
4.000.000

Com o barreira dos 4 milhões de unidades ultrapassada em 2017 (vigésimo aniversário de lançamento), o Toyota Prius se mantém como híbrido mais vendido da história, recorde que será difícil de superar.

“FUEL CELL”
6.000


O número é suficiente para colocar o Toyota Mirai, sedã movido a hidrogênio produzido desde 2015, no topo do ranking dos modelos com célula de combustível. A marca japonesa planeja vender cerca de 30 mil por ano a partir de 2020. No EUA, já foram mais de 350 unidades só este ano.

100% ELÉTRICOS
400.000


O Nissan Leaf é líder histórico: acaba de superar a barreira acima. Mas o Tesla Model 3 apareceu em 2018 pela primeira vez na liderança dos elétricos, com 145.846 unidades vendidas (contra menos de 100 mil do japonês).

O VETERANO
15.000.000


De 1908 a 1927, o Ford Model T bateu vários recordes na sequência: foi o primeiro a superar a marca de um milhão de unidades vendidas, e também quebrou as de 5, 10 e 15 milhões.

O ESPORTIVO
9.700.000


De 1962 a 2018, o Ford Mustang conquistou quase 10 milhões de clientes em todo o mundo, que assim o consagraram como o esportivo mais vendido de todos os tempos. Ele fez 55 anos este mês.

O SUV
9.600.000


Seguindo o critério do Corolla, na categoria SUV o título fica com o Honda CR-V, vendido com o mesmo nome em todos os mercados. Em 2018 apenas, perdeu só para o Toyota RAV4.

COM AS LINHAS DE PRODUÇÃO, OS RECORDES SE SUCEDERAM

O ITALIANO
20.000.000

O sucesso do Fiat 124 e seus derivados no exterior fez com que o carro lançado em 1966 seja o italiano mais vendido no mundo, com uma circulação estimada de 20 milhões de unidades.

RECORDE BRASILEIRO
20.000.000


Sim, o VW Fusca, ícone da indústria automotiva alemã, foi o primeiro carro a ultrapassar a barreira dos 20 milhões de unidades. Em 1981, com um exemplar produzido na fábrica brasileira – que ficou em operação até 1986 (e depois voltou no governo Itamar Franco). Já o último Fusca alemão é de 19 de janeiro de 1978.

*RESPOSTA: O Toyota Corolla, líder há mais de 50 anos

blog comments powered by Disqus