Quando o V8 berra nos ouvidos

Roberto Assunção

Quem nunca sonhou com um conversível? Está certo, eles não são populares no Brasil, mas existem aqueles consumidores sedentos por dirigir com os cabelos ao vento. Caso seja esse o seu per l, eis o Chevrolet Camaro Conversível, que começou a ser comercializado por R$ 239.900. Uma alternativa aos outros modelos descapotáveis com motores V8, como o Jaguar F-Type V8 S (R$ 578.597) ou o Mercedes-Benz SL 63 AMG (R$ 723.375). A expectativa, de acordo com a General Motors do Brasil, é de vender 100 unidades/ano.


Tanto ele quanto a sua versão cupê foram desenvolvidos simultaneamente. Iguais por um lado, mas diferentes de outro. Assim como o “irmão”, ele também é montado sobre a plataforma Zeta – destinada aos carros da Chevrolet com tração traseira. A distinção está na capota e nos reforços estruturais na dianteira e na traseira, para garantir um comportamento dinâmico equilibrado tanto nas curvas quanto nas retas. O peso do muscle car subiu para 1.916 quilos, contra 1.790 quilos da versão “normal”. Contudo, molas e amortecedores são os mesmos do SS. 

Esses não são os únicos componentes que eles compartilham. Outros são os freios da Brembo, as rodas de aro 20 e o motorzão V8 6.2. O ponto alto é, sem dúvida, a capota de náilon (mesmo material do Corvette). O teto só pode ser aberto com o carro parado e com a alavanca de câmbio na posição P (Parking), por questões de segurança, de acordo com a Chevrolet. Depois é preciso girar uma trava e pressionar o botão para que o sistema conclua a operação em 20 segundos – o fabricante recomenda colocar a capa (incluída) para proteger o mecanismo de eventuais chuvas ou poeira. 

Com o teto fechado, a sensação é de guiar um SS cupê. Já com a capota recolhida, seja em velocidades altas ou moderadas, a turbulência é mínima e o passeio, sonorizado pelo ronco encorpado do “V-oitão”. As reações brutas são proporcionadas por 90% do torque (56,7 kgfm) disponíveis a 3.000 rpm. O câmbio automático de seis marchas tem opção de trocas sequenciais pelas borboletas atrás do volante. Além de ser charmoso e potente, esse Camaro não esquece de uma boa lista de equipamentos, entre eles: central multimídia My Link, head-up display, controle de estabilidade e de tração, sistema de monitoramento dos pneus, airbags dianteiros e laterais – este último, no conversível, foi reprojetado para continuar oferecendo o mesmo nível de proteção aos ocupantes. 

O modelo é vendido em quatro opções de cor (preta, branca, amarela e cinza). É só escolher sua preferida e acelerar para curtir o vento nos cabelos.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel