Reino Unido vai banir carros a combustão a partir de 2040

O banimento não inclui os carros híbridos, que combinam motores a combustão e elétricos

Divulgação

O DEFRA, departamento responsável pelos assuntos ambientais no Reino Unido, confirmou nesta quarta-feira (26) que vai proibir a partir de 2040 a venda de todos os automóveis de passeio e veículos comerciais leves a combustão no país europeu. O prazo é o mesmo anunciado recentemente na França para o fim dos carros com propulsores convencionais.

O banimento não inclui os carros híbridos, que combinam motores a combustão e elétricos. Nem será proibida — a princípio — a circulação dos veículos movidos somente a gasolina ou a diesel. Para reduzir o impacto da medida na população, não está descartada a criação de iniciativas de apoio para motoristas e empresas, que poderão incluir até subsídios para a compra de veículos limpos.

A iniciativa faz parte de um plano para a melhoria da qualidade do ar no país. O governo britânico estima em 2,7 bilhões de libras (cerca de R$ 11 bilhões) o impacto das doenças provocadas pela poluição atmosférica na economia. Vale lembrar que a London Taxi Company — tradicional fabricante dos táxis londrinos — apresentou recentemente um novo modelo de táxi elétrico, que irá substituir a atual frota de veículos equipados com motores a diesel.