Renault começa a vender o elétrico Zoe no Salão por R$ 149.000

Marca francesa também apresenta o Kwid Outsider e a série especial Captur Bose

A Renault não quer ficar para trás no recém-nascido mercado de carros elétricos no Brasil. Poucas horas depois de a GM anunciar a venda do Chevrolet Bolt EV, em 2019, por R$ 175.000, a revelou que o Zoe – o carro 100% elétrico que é líder do mercado europeu – começa a ser vendido  no próprio Salão de São Paulo por R$ 149.000. Além disso, duas concessionárias (uma em São Paulo e outra em Curitiba) também iniciam as vendas para o público logo depois que terminar a feira na capital paulista, com possibilidade de fazerem test drive.

O Zoe já registra mais de 100 mil vendas na Europa. O carro é o ícone da Renault para este segmento, mas há outros: Twizy, Master e Kangoo. O Twizy, por exemplo, ainda ostenta a posição de carro elétrico mais vendido noi Brasil, com mais de 150 unidades, embora essas vendas tenham sido feitas de forma dirigida. O Zoe possui autonomia superior a 300 km, graças à bateria Z.E. 40. Plugado em uma corrente trifásica de 22 kW, o veículo necessita de 1h40min para chegar a 80% de sua carga total.

Kwid Outsider e Captur Bose

Além do Zoe e de outros show-cars, a Renault apresentou uma nova versão para o Kwid e uma série especial para o Captur. O Kwid Outsider estreia no primeiro semestre de 2019, com barra de teto, faixa lateral, moldura do farol de neblina e adesivo “Outsider”, entre outros itens. Já o Captur Bose é uma série especial que se caracteriza pela ênfase no sistema de som. Com sete alto-falantes e um amplificador da empresa de áudio automotivo, o SUV começará a ser vendido no primeiro semestre do próximo ano.