Renault inicia produção do novo Alpine A110

Com um motor de 252 cv, o esportivo é capaz de acelerar de 0-100 km/h em 4,5 segundos e atinge os 250 km/h de velocidade máxima

Divulgação

A Alpine, marca francesa de carros esportivos ressuscitada pela Aliança Renault-Nissan, iniciou nessa semana a fabricação do A110, um cupê de dois lugares da mesma categoria do Porsche 718 Cayman e que foi apresentado oficialmente no último Salão de Genebra, em março. O carro é produzido em uma fábrica na cidade francesa de Dieppe, onde eram montados os Alpine A110 originais a partir de 1969.

Com carroceria e plataforma em alumínio, o A110 pesa apenas 1.103 kg e está equipado com um motor 1.8 turbo de quatro cilindros e 252 cv e câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem. Com este conjunto, o esportivo é capaz de acelerar de 0-100 km/h em 4,5 segundos e atinge os 250 km/h de velocidade máxima.

Fundada em 1955, por Jean Rédélé, como uma fábrica de carros esportivos com mecânica Renault, a Alpine foi incorporada pela montadora em 1974 e seguiu produzindo carros até 1995, quando a fábrica de Dieppe foi reconfigurada para a produção de modelos como os Clio e Mégane Renault Sport.