Renault lança Kwid E-Tech, que se torna o elétrico mais barato do Brasil

As entregas do subcompacto iniciam em agosto

0
128
Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (14), a Renault lançou no Brasil a versão elétrica do Kwid, chamada de E-Tech. O modelo se tornou o veículo EV mais barato do Brasil (R$ 142.990, pelo período de pré-venda até julho), atrás do JAC E-JS1 – que sai pelo valor de R$ 164.900.

As entregas do subcompacto iniciam em agosto. O lançamento terá três cores disponíveis: verde Noronha, exclusiva do modelo, branco Glacier Polar e prata Diamond.

+ Fiat Mobi fica mais equipado na linha 2023; veja o que mudou
+ Avaliação: Fiat Mobi Trekking muda, mas segue o mesmo
+ Segredo: Renault R5 e R4, carros elétricos populares, serão releituras de clássicos da marca
+ Grupo Renault suspende operações na Rússia
+ Avaliação: Renault Kwid 2023 amadurece com design e mecânica reformulados


O trem de força agrega um motor de 65 cv de potência (48 kW), associado a uma bateria de 26,8 kWh. Com isso, o Kwid E-Tech oferece uma autonomia de 265 km em ciclo misto e 298 km em ciclo urbano, segundo a norma SAE J1634 utilizada pelo Inmetro. A bateria tem garantia de 8 anos.

Outra tecnologia do elétrico é a frenagem regenerativa, que recupera energia a cada vez que se deixa de exercer pressão sobre o pedal do acelerador e, também, quando freia.

A autonomia da bateria pode ser otimizada por meio do modo de condução ECO acionado através de um botão no console central. Este modo limita a potência de 33 kW (em vez de 48kW), velocidade máxima a 100 km/h e torna a frenagem regenerativa mais atuante.

Além disso, o Kwid E-Tech tem o melhor índice de eficiência energética, de 0,44 MJ/km, entre todos os elétricos do Brasil, de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro (tabela publicada em 10 de fevereiro de 2022).

Recarga

A recarga pode ser feita em uma tomada comum, em Wallbox de corrente alternada (AC) de 7 kW e em carregadores de corrente contínua (DC). Por exemplo, para carregar dos 15% até 80% da carga da bateria em DC são necessários 40 minutos, em um Wallbox de 7kW são 2h54 e em uma tomada doméstica de 220 volts são 8h57.

Segurança e tecnologia

O Kwid elétrico inclui seis airbags, controle eletrônico de estabilidade (ESP), freios ABS com BAS (Braking Assist System), assistente de partida em rampa (HSA), câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, sistema multimídia Media Evolution (com tela de 7″) e direção elétrica.

MAIS NA MOTOR SHOW:
+ Yamaha Crosser ABS 2023 chega com novo visual; confira
+ Motorista PCD já pode solicitar isenção do IPVA SP 2022; veja como
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Lewis Hamilton no Brasil? Descubra o que o piloto veio fazer por aqui
+ Lev lança bike elétrica em parceria com Baer-Mate; conheça
+ Sem Parar lança pagamento de pedágio via bluetooth do celular
+ Motos mais roubadas em SP durante 2022; confira a lista
+ Rodízio de veículos em SP está suspenso nesta sexta-feira (15)
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Big Brother do trânsito: multas por videomonitoramento já estão valendo
+ Fiat promete facilitar aquisição de 0km com nova opção de financiamento