Renault revela mais detalhes do Arkana, SUV-cupê que deve chegar ao Brasil em 2020

Modelo deve estrear neste ano no mercado russo e utilizar o motor 1.3 turbo feito em aliança com a Mercedes

Renault Arkana foi revelado mundialmente no Salão de Moscou do ano passado (Foto: Divulgação)

A Renault mostrou o SUV-cupê Arkana no Salão de Moscou (Rússia) do ano passado, mas depois nunca mais falou sobre o carro. No entanto, com os Salões de Xangai e Nova York acontecendo a todo vapor neste final de mês, a marca decidiu começar a revelar mais detalhes sobre o modelo, que deve começar a ser vendido no Brasil no ano que vem.

Segundo a versão brasileira do Motor1, uma apresentação global do Arkana está marcada para as próximas semanas, já que sua chegada às concessionárias russas é esperada para a metade do ano.

O carro, diferentemente do que se esperava, não será parecido com o Duster – de acordo com a fabricante, apenas 45% das peças da plataforma são iguais, enquanto 55% serão completamente novas, motivo que faz a empresa dizer que o SUV será feito sobre “uma plataforma de nova geração”.

Sobre a motorização, a Renault já confirmou versões equipadas com o motor 1.3 turbo criado em aliança com a Mercedes-Benz, que já equipada a nova geração do Classe A. No SUV, ele vai oferecer 150 cavalos e 25,5 kgfm de torque e será acoplado a uma caixa de transmissão CVT – a marca francesa ainda afirmou que o carro poderá economizar até 10% de combustível com um sistema de simulação de sete marchas.

Sabe-se, ainda que o Arkana vai ter versões com câmbio manual de seis marchas e com motores sem sobrealimentação (naturalmente aspirados).

Por enquanto é só

Apesar de já ter revelado muita coisa sobre seu futuro SUV-cupê, a Renault ainda não confirmou se o design do modelo será o mesmo apresentado pelo protótipo do salão russo – e nem como será o interior do veículo.